Quadrilha é flagrada e presa durante ‘julgamento do crime’ em Rio Preto

Nove homens e um menor de 13 anos foram detidos nesta terça-feira (7) em São José do Rio Preto (SP) suspeitos de sequestrar e manter um rapaz em cárcere privado. O grupo foi encontrado em uma casa na região norte. Todos já tinham passagem pela polícia.

Segundo informações da polícia, a vítima ficou refém do grupo por quase 24 horas. Em depoimento, o homem disse à PM que foi torturado e espancado várias vezes. De acordo com a PM, no quintal da residência havia uma cadeira branca que supostamente seria usada numa reunião que aparentava ser um julgamento.

“No momento da abordagem, a vítima estava ao centro e os outros o rodeavam, tudo aparentando que seria, como conhecido pela polícia, um “julgamento do crime”.  Alguns tentaram fugir, mas foram capturados. Não havia drogas nem dinheiro na casa, apenas uma corda, supostamente usada para amarrar a vítima”, conta o sargento da Polícia Militar, Heraldo Themoteo.

O suposto “réu”, ou seja, a vítima sequestrada, de 22 anos, era acusado pelo bando de estupro e de ter passado informações do grupo à polícia. Em depoimento aos policiais, o rapaz negou que tenha cometido o estupro.

De acordo com a polícia, a suspeita é de que o envolvidos façam parte de uma facção criminosa que age dentro e fora dos presídios paulistas.  Os detidos podem responder por sequestro, cárcere privado e formação de quadrilha.

 

G1

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password