PT processa Luciano Hang, da Havan, por mensagens que sobrevoaram litoral catarinense com os dizeres: “Lula cachaceiro devolve meu dinheiro”

Partido dos Trabalhadores entrou na justiça alegando calúnia e difamação e solicitando proibição das mensagens.

O PT (Partido dos Trabalhadores) em nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, entrou na justiça contra o empresário Luciano Hang, dono da rede varejista Havan, por calúnia e difamação. A motivação é uma série de faixas com frases contra o petista que sobrevoam o litoral catarinense, pelas quais Hang afirmou que pagaria.

No dia 1º de dezembro, Hang escreveu em seu Twitter que patrocinaria o sobrevoo de “mensagens patriotas” em Santa Catarina, pedindo a seus seguidores que enviassem sugestões. No último sábado (28), publicou na mesma rede social um vídeo que mostra uma das aeronaves com os dizeres “Lula cachaceiro devolve meu dinheiro”.

A petição, encaminhada à 2ª Vara Cível de Navegantes, em Santa Catarina, pede indenização de R$ 100 mil por danos morais e tutela inibitória, ou seja, solicita que a circulação das mensagens seja proibida.

Também solicita que o acusado (Hang) seja responsabilizado pela iniciativa, afirmando que as frases ferem diretamente a imagem e a honra do ex-presidente.

O InfoMoney tentou contato com a Havan, mas não obteve resposta até o momento desta publicação.

FONTE: Informações | infomoney.com.br

0 Comentários

    Deixe um Comentário

    Login

    Bem vindo! Faça login na sua conta

    Lembre de mim Perdeu sua senha?

    Lost Password