PT diz que não há fundamentação para impeachment

Para membros do partido de Votuporanga é livre o direito de manifestações dos brasileiros, por viverem em um país democrático

Para membros do PT (Partido dos Trabalhadores) de Votuporanga é livre o direito de manifestações dos brasileiros, por viverem em um país democrático. Porém, eles acreditam que não há fundamentação jurídica para o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

José Roberto Garcia (Beto), presidente do PT, disse que, como membro do partido, defende a sua bandeira, apoia Dilma Rousseff. “O  questionamento que faço é: em que está fundamentado o pedido de impeachment? A Dilma foi aprovada de forma democrática, eleita pela maioria dos brasileiros e deve cumprir o seu mandato”, disse.

Para Beto, a economia brasileira foi aquecida ao longo dos últimos 12 anos e, agora, vive um período de recessão. “Por causa disso querem tirar a presidente? A crise não é apenas no Brasil. Um dos motivos dela é o aumento do dólar, que começou nos Estados Unidos, atingiu a Europa e agora está nos prejudicando também. Porém, tenho certeza que o Governo Federal está tomando providências para resolver a situação do país”, falou.

O presidente do PT local disse que favorável a manifestações, desde que haja fundamento. “Temos que reivindicar melhorias na saúde, na educação, que também devem ser pedidas aos governos dos estados e aos municípios”, destacou.

Sobre o governo do PT, Beto disse que Dilma está razoavelmente bem, apesar de todos os ataques que vem sofrendo atualmente.

“A população tem que sair às ruas pela reforma política, pelo fim do financiamento privado de campanhas políticas, pela reforma tributária, do judiciário, contra a corrupção. Isso sim que é viável, lutar para mudar a política em um contexto geral”.

Para o vereador Jurandir Benedito da Silva (Jura), qualquer manifestação democrática e pacífica é legítima. “Apoiamos as mobilizações, independente de concordar com elas ou não. Tudo isso existe hoje no Brasil em função de o governo ter consolidado a base democrática para a população poder se manifestar”, disse.

Jura disse que a população tem o direito de pedir tudo o que quiser, inclusive o impeachment de qualquer governante, sendo presidente, governador, prefeito.

“Me baseio nos pareceres jurídicos dos mais variados para dizer que não tem fundamentação jurídica para o impeachment de Dilma. Na verdade, tem parte da imprensa que não se sente contemplada dentro do governo popular e que voltou-se contra a presidente”, destacou.

O vereador apontou ainda diversas obras em Votuporanga que se concretizaram e estão em execução com recursos do Governo Federal. “São casas populares, Samu, UPA, entre muitos outros. O país tem mais de seis mil municípios, todos eles com obras federais”, ressaltou.

Para Jura, o país pode ficar ainda pior casa haja um impeachment. “O país pode parar se tiver que enfrentar um novo processo eleitoral”, falou.

Jura disse ainda que os indicadores da economia europeia estão piores que os do Brasil. “Estão pedindo impeachment com base na economia, na importação e exportação. Há outros países em situação pior. Boa parte dos manifestantes está no ‘oba, oba’ de terceiros. A Dilma está trabalhando, andando, entregando obras. Trabalha de manhã, tarde e noite. O país tem problemas sim, mas a presidente não tem nenhum crime que a faça sair. Este pedido de impeachment é discurso de quem não concorda com a derrota, de quem quer ganhar no tapetão”, finalizou.

Leidiane Sabino

leidiane@acidadevotuporanga.com.br

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password