Projeto de lei prevê fim de visita íntima em presídios de São Paulo

Documento diz que será permitida, exclusivamente, “visita íntima na situação em que o preso seja declarado como réu colaborador ou delator premiado”

O deputado estadual Gil Diniz (PSL-SP) apresentou nesta terça-feira (11) um projeto de lei que prevê o fim da visita íntima nas penitenciárias do Estado de São Paulo. “Prisão não é hotel, tampouco motel”, afirmou o parlamentar.

De acordo com o projeto, entende-se por visita íntima “aquela realizada fora dos pátios destinados para este fim, sem monitoramento dos servidores da unidade prisional”. Em seguida, acrescenta que será permitida, exclusivamente, “visita íntima na situação em que o preso seja declarado como réu colaborador ou delator premiado”.

0 Comentários

Deixe um Comentário

3 × quatro =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password