Prevenção – Abrace essa causa conscientizou alunos da Faculdade Futura

O objetivo principal foi conscientização dos alunos, seus familiares, colegas, comunidade e da importância da prevenção do câncer de mama.

O evento “Prevenção – Abrace Essa Causa”  aconteceu na Faculdade Futura, na última quinta feira (23), com o apoio do corpo docente e direção, bem como dos alunos do curso de pedagogia que tiveram a iniciativa de fazer algo que pudesse envolver todos os alunos da faculdade.

As alunas da Pedagogia se envolveram na decoração e na preparação dos lacinhos rosa (símbolo da prevenção do câncer de mama), que foi entregue à todos os presentes durante o evento.

O objetivo principal foi conscientização dos alunos, seus familiares, colegas, comunidade e da importância da prevenção do câncer de mama.

Esteve presente também representante da Protege – Vacinas que falou a respeito do que existe no mercado em termos de prevenção do câncer através de vacinas como por exemplo a do HPV.

Existe em Votuporanga um grupo de mulheres, vítimas do câncer de mama, que é composto por pacientes que  já fizeram o tratamento, outras que estão em tratamento e aquelas ainda que acabaram de receber o diagnóstico.

Esse grupo se reúne mensalmente para um “chá da tarde”, com o objetivo de ajudar mutuamente aqueles que precisam de um apoio maior e aqueles que necessitam do testemunho de outros para conseguir superar.

A maioria das mulheres desse grupo participa também do projeto do Governo que incentiva as mulheres a praticarem a dança como forma de superação. Na cidade, a Escola de Dança “Alma Gêmea” apóia o movimento e oferece curso de dança do ventre gratuitamente para todas as portadoras de neoplasia.

Essas “dançarinas do ventre”, se apresentaram na Faculdade para os alunos, a fim de mostrar a importância de superar as dores e ir além dos seus limites para vencer a doença. Superação é a parte principal da apresentação.

Portanto, sabendo da importância da divulgação do Outubro Rosa, é que a Faculdade Futura, abraçou a causa da prevenção, principalmente por ter em seu corpo docente uma vítima da doença e por saber da importância desse trabalho.

Paola Munhoz/Votunews

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password