Presos no esquema Bolsa Fantasma ficarão detidos por 5 dias

FERNANDÓPOLIS – Todos os envolvidos no esquema Bolsa Fantasma, deflagrado pela Polícia Federal de Jales devem ficar presos por cinco dias. Os mandados de prisão foram expedidos pelo juiz da primeira Vara Criminal de Fernandópolis, Evandro Pelarin.

nvestigações apontaram que um grupo criminoso fraudava programas estudantis de concessão de bolsas de estudo universitárias e, utilizando a instituição de ensino, recebia recursos indevidos dos programas de alunos “fantasmas”. Pelo menos R$ 120 mil já foram identificados neste tipo de fraude, desde o ano de 2011.

Em um dos casos apurados, o presidente da instituição fez um acordo extrajudicial consigo mesmo para receber indenização de mais de meio milhão de reais da própria instituição. Os recursos do programa “Escola da Família” também foram utilizados como parte do pagamento desta indenização.

Ainda segundo a PF, documentos foram apreendidos e serão analisados com o objetivo de confirmar as informações já conhecidas, e identificar outras fraudes e envolvidos no esquema.

Os envolvidos vão responder pelos crimes de estelionato, apropriação indébita e peculato.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password