Preso segundo suspeito do roubo em loja de chocolates

A prisão aconteceu no município de Américo de Campos e flagrante foi realizado por policiais civis da DIG

Em menos de 15 dias, o segundo suspeito de ter praticado um assalto em uma loja de chocolates em Votuporanga, foi preso por policiais civis da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Votuporanga. A prisão aconteceu no município de Américo de Campos.

Segundo informações policiais, B.F. de 24 anos e morador de Américo de Campos, também é acusado de ter roubado uma propriedade rural em Álvares Florence. Ele estava foragido desde o dia do crime (24/11).

Os roubos

Consta que no dia 21 de novembro, por volta das 21h30, em uma propriedade rural situada no Córrego do Bonito, em Álvares Florence, B.F. estava acompanhado de dois indivíduos ainda não identificados, armados, os quais anunciaram o assalto e agrediram a vítima A.D.S. de 59 anos, a fim de que ela lhes entregasse dinheiro e a chave de seu veículo, porém, acabaram subtraindo apenas um aparelho telefone celular.

Dois indivíduos assaltaram uma loja de chocolates na noite do dia 24 de novembro, no centro de Votuporanga. Simulando estar armados, eles conseguiram fugir com R$ 8 mil. Porém, os criminosos foram vistos entrando em um veículo Fiat Bravo de cor branca, após o assalto. Apesar do crime, nenhum funcionário rendido do estabelecimento se feriu. A loja fica na rua Pernambuco, próxima ao cruzamento com a Mato Grosso.

Primeiro suspeito preso

A prisão do primeiro indivíduo acusado do assalto na loja de chocolate em Votuporanga, aconteceu no município de Américo de Campos e contou com uma operação conjunta da DIG e Polícia Militar no dia 25 de novembro, um dia após o roubo.

Segundo informações preliminares, denúncias davam conta de que o veículo Fiat Brava, de cor branca, usado no assalto foi visto pelo citado município. Imediatamente, os policiais se mobilizaram e foram para a cidade, com vistas em localizar os criminosos. No local, um deles, caracterizado como F.D.P. de 32 anos, foi surpreendido em flagrante.

Diante disso, ele recebeu a voz de prisão e foi encaminhado para a DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Votuporanga, juntamente com o carro apreendido.

Na delegacia, familiares informaram que a proprietária do veículo é irmã do criminoso que até então, estava foragido (B.F.), e havia entregue o carro para o irmão um dia antes, para que ele levasse à uma oficina. Porém, a família alegou que não sabia do envolvimento do carro no crime.

Segundo a PM, o preso havia saído da cadeia há 40 dias, onde cumpriu pena por ter praticado o crime de roubo. Ele foi reconhecido pelas vítimas.

A Polícia Civil permanece mobilizada no sentido de identificar e prender os demais participantes de ambos os roubos, bem como recuperar os valores e objetos subtraídos.

Paola Munhoz/Votunews

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password