Preso por rapto de 4 crianças era procurado desde 2010

PENÁPOLIS – O homem de 59 anos acusado de raptar quatro crianças de uma olaria no bairro rural Lajeado, em Penápolis, na tarde dessa sexta-feira (12), era procurado pela Justiça desde 2010.

Segundo a polícia, havia contra ele um mandado de prisão preventiva, expedido pela Justiça de Ipaussu, região de Ourinhos (a 265 km de Penápolis).No site do TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo), há um processo tramitando contra o acusado por cárcere privado, cometido em maio de 2009 em Bernardino de Campos (270 km de Penápolis).

A vítima, na ocasião, foi um adolescente de 13 anos.A reportagem entrou em contato com o Fórum de Ipaussu na tarde dessa segun-feira, onde tramita o processo, mas a juíza responsável não autorizou a divulgação de detalhes do caso por envolver menor de 18 anos. A delegacia de Bernardino de Campos também não deu informações sobre o inquérito.

O acusado foi preso por volta das 15h30 de domingo (14), em meio a uma mata próxima ao Colégio Agrícola de Penápolis. Ele negou, em depoimento ao delegado Jovair Marcos Gruppo, que tenha raptado as crianças. Como também apresentava quadro de desidratação, ele recebeu atendimento no pronto-socorro da cidade antes de ser levado à delegacia. Por isso, o flagrante só foi concluído às 22h30.

OLARIA

O homem alegou à polícia que residia na olaria havia sete meses, mesmo período que morou em Avanhandava, cidade vizinha a Penápolis, e que antes vivia no Estado do Paraná. Ele disse que tinha passagens pela polícia apenas por porte de entorpecente e furto.
Folha da Região

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password