Preso o líder da quadrilha que aplicou golpe em aposentada e matou idoso

A DIG de Rio Preto conseguiu localizar nesta segunda-feira, 17, em Mogi Guaçu, José Carlos Freitas, apontado como o líder da quadrilha de estelionatários suspeita de aplicar o golpe do bilhete na aposentada Jandira Machado Cayuela e, na fuga, atropelar e matar o aposentado Lázaro Firmino dos Santos, no dia 8 de junho deste ano.

A investigação da DIG aponta que Freitas teria arquitetado o golpe em Rio Preto. Duas mulheres – Beatriz Mayara Gomes, 24 anos, e Vanessa Cristina de Matos, 34, teriam escolhido a vítima e executado o golpe, que no fim deu errado e terminou com a morte do aposentado.  Segundo informações da DIG, Freitas foi detido no dia 7 de outubro pela Guarda Municipal de Mogi Guaçu após aplicar outro golpe do bilhete em idosos. Na delegacia, ele tentou esconder a identidade, usando o nome falso, dizendo ser José Carlos Souza.

Informados da prisão do suspeito, policiais da DIG de Rio Preto entraram em contato com o 1º DP de Mogi Guaçu e com agentes da Secretaria da Administração Penitenciária para informar a identidade real do acusado, bem como cópias do mandado de prisão temporária pela participação no crime em Rio Preto. Além disso, Freitas possui uma condenação por extorsão em Araraquara e era foragido da Justiça daquela comarca.

O filho de Freitas, o advogado Leandro Rittis de Souza, também é suspeito de integrar o bando. Ele foi preso no dia 18 de agosto. Além de pai e filho, também já havia sido presa Beatriz Mayara Gomes, uma das mulheres que dirigia o carro que invadiu o Calçadão. Ainda falta a polícia encontrar Vanessa de Matos. Marco Antonio dos Santos/Diário da Região

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password