Presidente da Câmara de Valentim Gentil, Rafael Nixon, exonera servidora por corrupção

Após autorizar a instauração de Processo Administrativo Disciplinar para apurar prática de ato ilícito e de improbidade administrativa, o Presidente da Câmara Municipal de Valentim Gentil, Rafael Nixon Pereira Marques, acatando ao conteúdo do relatório final da Comissão Processante e exonerou a servidora efetiva Natalina Teixeira Barbosa, que exercia o cargo de tesoureira.

De acordo com o relatório da comissão, que exerceu suas atividades com independência e imparcialidade, na condição de tesoureira a ex-servidora cometeu infrações que comprovam que a moralidade administrativa e a dignidade da função pública foram severamente transgredidas, nos termos do art. 139, I, II, III e IX e proibições previstas no art. 140, IX e XII, do Estatuto dos Servidores Públicos de Valentim Gentil.

Diante dos fatos, não restou alternativa ao Presidente do Legislativo senão a de determinar a exoneração da servidora, que era efetiva da tesouraria do Poder Legislativo. “Minha sentença foi imparcial, lúcida e clara, corrupção é crime e deve ser combatida com vigor, firmeza e responsabilidade”, afirma Rafael Nixon.

Segundo o Presidente, para tomar uma atitude assim, não pode ter o “rabo preso” com absolutamente ninguém, e ter coragem moral para enfrentar o crime. Desta forma, cumpriu com o seu dever de denunciar os atos de má-fé contra a administração pública. “Minha mensagem é clara, e vale para aliados políticos e adversários, o cumprimento da lei é para todos, independentemente de cargo ou posição social e econômica”, ressalta Nixon.

O Presidente agradeceu aos vereadores pelo apoio durante as investigações.

O Presidente determinou, ainda, o encaminhamento da sua decisão ao Ministério Público, onde já foi instaurado um Inquérito Civil, para que sejam tomadas as medidas cabíveis.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password