Prefeitura trabalha para reparar estragos da chuva

A Prefeitura de Votuporanga está trabalhando, desde o começo da manhã de ontem, nas áreas afetadas pela forte chuva desta sexta-feira (7). A orientação do prefeito Junior Marão é dar todo o suporte necessário para as famílias atingidas. A Defesa Civil foi acionada e entre os trabalhos já realizados, estão orientações gerais, limpeza de áreas e alguns reparos emergenciais.

De acordo com dados do Ciiagro (Centro Integrado de Informações Agrometeorológicas) foram 70,6 milímetros de chuva, em apenas duas horas e 40 minutos, entre 5h e 7h40. Para se ter uma idéia, em todo o mês de março de 2013, foram 176 milímetros. Em janeiro, deste ano, 96 milímetros, enquanto em todo fevereiro de 2014, 164 milímetros.

A chuva foi tão forte que a represa de captação de água da Saev Ambiental, que possui capacidade de captar 164 litros por segundo, transbordou. O fenômeno só foi notificado há cerca de 15 anos, porém, em proporções bem menores. A situação se normalizou por volta do meio-dia ficando no encargo da autarquia a necessidade de efetuar alguns reparos no aterro da represa.

Essa forte chuva ocasionou alguns problemas de alagamento pontuais, em alguns bairros da cidade, como na rua Pe. Izidoro C. Paranhos.  O maior problema registrado foi no bairro Bom Clima, na rua Paschoalino Pedrazoli, onde cinco casas foram atingidas e muros levados pela chuva. A Prefeitura já fez a limpeza dessas casas e já está autorizada a reconstrução desses muros. Porém, felizmente nenhuma família está desabrigada e não houve a necessidade de remoção de moradores para outras casas ou alojamentos.

A orientação é que esses moradores envolvidos registrem Boletim de Ocorrência e informem oficialmente a Prefeitura, que uma equipe técnica irá avaliar cada caso para que possa dar andamento nos reparos necessários.

Outra solução a longo prazo proposta pela Prefeitura se refere à retenção de águas pluviais, visando evitar inundações em loteamentos futuros. Segundo o prefeito Junior Marão, é preciso trabalhar para reparar os problemas atuais, porém é necessário pensar no futuro para que a cidade não enfrente grandes problemas.

A Prefeitura já enviou um projeto de lei à Câmara Municipal que trata do assunto. A proposta é criar bacias de retenção de água para evitar inundações e, consequentemente, preservar córregos e fundos de vale. (Fotos: André Luiz D. Takahashi)

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password