Prefeitura resolve 95% dos casos que chegam à Ouvidoria

Dados são do primeiro semestre deste ano; o objetivo do órgão criado em 2002 é que o cidadão não fique sem resposta

Criada em 2002, com o objetivo de estreitar a relação com a população, a Ouvidoria Municipal da Prefeitura de Votuporanga ganha cada vez mais a confiança dos votuporanguenses. No primeiro semestre deste ano, 95,46% das demandas que chegaram ao órgão foram resolvidas. Foram 970 solicitações, sendo que 925 foram solucionadas. “Resolvidas significa a solução efetiva do problema ou encaminhamento, quando este serviço não é de responsabilidade da Prefeitura”, explica a ouvidoria municipal, Fabiana Lopes de Almeida.

De acordo com Fabiana, as solicitações que não puderam ser resolvidas dependem, muitas vezes, de dotação orçamentária. “É o caso, por exemplo, da construção de uma escola ou unidade de saúde em um bairro específico, no qual ainda não há demanda suficiente. Mesmo assim, a situação é explicada ao cidadão. Ninguém fica sem resposta. E, é claro, que todos os dados chegam ao conhecimento das secretarias municipais e eventualmente, num futuro próximo, podem ser atendidos.”, disse.

Segundo a ouvidora municipal, o índice de resolutividade é muito bom e se compara, por exemplo, com o do órgão do Governo do Estado, que trabalha de forma informatizada há 15 anos. “O Governo de São Paulo conseguiu chegar a 97% de resolutividade, sendo que seus dados são informatizados desde 2000. Nós informatizamos a partir de 2013 e conseguimos atingir um patamar de excelência. Isso demonstra que estamos no caminho certo”, afirmou.

Fabiana destaca a importância da sistematização das informações. “Até 2013, o trabalho era manual. Entrávamos em contato com as secretarias municipais, analisando cada procedimento. Agora, os titulares das pastas podem acompanhar as ocorrências online, o que gera muito mais rapidez na resposta ao cidadão”, explicou.

Balanço

O mês com o maior número de ocorrências foi janeiro, quando foram contabilizadas 222. “Os seis primeiros meses do ano correspondem a maior demanda, por conta das chuvas. Entre as queixas, buracos nas ruas, construções irregulares ou abandonadas, terrenos com mato alto, acompanhamento de obras públicas e descarte irregular de lixo”, explicou.

Os moradores do centro são os que mais procuram a Ouvidoria. “Foram 72 ocorrências protocoladas pelo bairro Patrimônio Velho. Pozzobon, na Zona Norte, é o segundo, com 61. São João, com 38; e Jardim Alvorada, com 31, completam os quatro primeiros”, revelou. “A população de Votuporanga é muito atenta e participativa, conhecedora da legalidade do município. O cidadão é fiscal voluntário, mantendo a ordem da cidade”, completou.

Os moradores podem registrar suas ocorrências pessoalmente, na Secretaria da Cidade, pelo telefone ou internet.

 

SERVIÇO:


Ouvidoria Municipal

Telefone: 0800-770-3590

E-mail: ouvidoria@votuporanga.sp.gov.br

Endereço: Rua São Paulo, 3.741 – Centro

Site: www.votuporanga.sp.gov.br

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password