Prefeitura repassa mais de 2.600 cestas básicas em 2019

Benefício eventual foi concedido às pessoas que procuraram a Secretaria de Assistência Social e informaram suas necessidades momentâneas e emergenciais.

No decorrer de 2019, muitas famílias de Votuporanga receberam apoio da Prefeitura de Votuporanga. A Secretaria de Assistência Social, por exemplo, tem ajudado a população por meio dos benefícios eventuais. Até novembro, foram concedidas 2.663 cestas básicas para pessoas que procuraram a Secretaria e informaram suas necessidades momentâneas e emergenciais.

Para receber o benefício, os interessados devem comprovar estado de vulnerabilidade social, seja por falta de emprego ou outros fatores, mediante apresentação de documentos pessoais dos que residem na casa, comprovante de endereço, carteira de trabalho, entre outros.

As cestas contêm alimentos não perecíveis como arroz, feijão, açúcar, óleo, fubá, farinha, macarrão, sal, entre outros. Estes mantimentos são responsáveis por garantir o direito à alimentação básica de uma família.

O secretário Emerson Pereira explicou que por mês, a Secretaria faz pedido de 420 cestas básicas, que são repassadas para as famílias conforme os pedidos chegam. “Recebemos encaminhamentos de toda a rede de Assistência Social e de outras Secretarias. Muitos munícipes também nos pedem ajuda de maneira voluntária”.

Para o prefeito João Dado, a Administração tem cumprido seu papel de ajudar aquelas pessoas que mais necessitam de amparo do Poder Público em caráter emergencial. “Os munícipes precisaram desse auxílio e nosso papel, enquanto gestão pública, é de ajudar, repassando a alimentação, que é essencial a todos os cidadãos”.

Outros benefícios

A Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Votuporanga também realizou outros atendimentos para pessoas em vulnerabilidade social. Foram concedidos 203 auxílios-funerais, ajuda destinada às famílias ou indivíduos em situação de risco ou vulnerabilidade social, que estejam regularmente inscritos  no Cadastro Único, que tenham  renda mensal de até três ou quatro salários mínimos (dependendo da situação) ou que reconhecidamente seja declarado como pessoa em situação de rua.

A Pasta também faz a entrega de fraldas geriátricas. A aquisição é de responsabilidade da Secretária da Saúde. Neste ano, foram entregues 6.493 pacotes destinados a pacientes que comprovaram suas necessidades.

Outro benefício foram as passagens concedidas para pessoas em situação de rua retornarem às suas cidades de origem. Neste ano foram 1228 passagens entregues.

A Pasta tem ajudado ainda as pessoas a retirarem a segunda via de seus documentos, a maioria sem custo. Em 2019, foram 80 pedidos.

“Buscamos atender as famílias mais necessitadas e trabalhamos também para que elas sejam reinseridas no mercado de trabalho e no meio social, para que elas adquiram autonomia e conquistem sustento próprio. Com isso, resgatamos a dignidade e autoestima dos cidadãos”, finalizou o Prefeito João Dado.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password