Prefeitura orienta munícipes sobre a vacinação contra o Sarampo 

O sarampo é uma doença grave, altamente transmissível, podendo gerar sérias complicações, que podem ser fatais, como a pneumonia e a encefalite. 

A Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, orienta a população para se imunizar contra o sarampo por se tratar de uma doença potencialmente fatal e em razão dos casos que vem sendo registrados em todo o mundo e no Brasil. Em Votuporanga, até o momento, não foi registrado nenhum caso de sarampo neste ano. 

A enfermeira responsável pelo Setor de Imunização da Secretaria, Danieli Fortilli, alerta sobre o esquema de vacinação e o público-alvo.  Pessoas com idades entre um ano e 29 anos devem ser vacinadas por duas doses; para a faixa etária de 30 a 58 anos, a dose da vacina é única; e os profissionais de saúde também devem receber duas doses, em qualquer faixa de idade. 

A vacinação pode ser realizada por meio da tríplice viral, que protege ainda contra a caxumba e a rubéola. O sarampo é uma doença grave, altamente transmissível, podendo gerar sérias complicações que podem ser fatais, como a pneumonia e a encefalite. 

 “O munícipe que ainda não recebeu o esquema da vacina, deve procurar a unidade de saúde mais próxima de sua residência para tomar a vacina ou para tirar dúvida sobre a imunização. O profissional da unidade tem condições de avaliar caso a caso a necessidade da vacinação e o número de doses”, afirmou a enfermeira responsável pelo Setor de Imunização da Secretaria. 

As unidades de saúde de Votuporanga estão abertas para a vacinação, de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h, exceto feriados. Algumas unidades ainda contam com atendimento alternativo no Horário do Trabalhador, duas vezes na semana, até as 19 horas. Mais informações no Setor de Imunização da Secretaria da Saúde, pelo (17) 3405-9787. 

Sintomas do Sarampo 

Os principais sintomas do sarampo são: febre com erupções na pele, acompanhadas por tosse, coriza e/ou conjuntivite. Ao apresentar esses sintomas, o paciente deve evitar o contato com outras pessoas e procurar imediatamente a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) ou a Unidade de Saúde a que pertence. 

Medidas de Prevenção 

  • Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
  • Lavar as mãos com frequência com água e sabão ou utilizar álcool em gel;
  • Não compartilhar copos, talheres e alimentos;
  • Procurar não levar as mãos à boca ou aos olhos; 
  • Sempre que possível, evitar aglomerações ou locais pouco arejados; 
  • Manter os ambientes frequentados sempre limpos e ventilados; 
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes;
  • Tomar a vacina tríplice viral, que protege contra o sarampo, caxumba e rubéola.

0 Comentários

    Deixe um Comentário

    Login

    Bem vindo! Faça login na sua conta

    Lembre de mimPerdeu sua senha?

    Lost Password