Prefeito destaca ações ambientais em lançamento de novo serviço

Coletas seletiva e de lixo orgânico, Ecotudo, Pontos de Entrega Voluntária nas praças, higienização da rede de esgoto e Pagamento por Serviços Ambientais foram algumas das ações modelos citadas

O prefeito João Dado visitou a praça São Bento na manhã desta quarta-feira (17/1) para lançar oficialmente o novo serviço disponibilizado pela Saev Ambiental, denominado como Lixo Dog, lixeiras instaladas em áreas públicas de Votuporanga para o descarte adequado de dejetos de cães e gatos.

Na ocasião, Dado, que estava acompanhado do superintendente da Saev Ambiental, Waldecy Bortoloti, e do superintendente adjunto, eng. Marcelo Marin Zeitune, ressaltou ações ambientais realizadas até o momento que demonstram a preocupação da Gestão Municipal com o meio ambiente.

No ano passado, a Saev Ambiental realizou um amplo trabalho de higienização da rede de esgoto, que objetivou a eliminação e controle de animais peçonhentos como baratas, ratos e escorpiões. “Foram mais de 2.500 pontos de aplicação de produto para combater estes insetos nocivos à saúde pública. O trabalho não vinha sendo realizado há alguns anos”, destacou o prefeito João Dado.

Os serviços regulares de coletas seletiva e orgânica em todas as casas também foram citados pelo superintendente adjunto da Autarquia, bem como o Ecotudo, iniciativa inédita e pioneira que foi replicada por outros municípios. “Aqui em Votuporanga é possível que as pessoas façam a destinação correta de todo tipo de lixo. Temos os PEVs, que são os Pontos de Entrega Voluntária em diversas praças espalhadas por todas as regiões da cidade. Todos estes serviços evitam o descarte inadequado de materiais recicláveis. Esses diferenciais fazem de Votuporanga, hoje, um exemplo em meio ambiente”, destacou Zeitune.

Outra importante ação lembrada pelo prefeito foi a assinatura do convênio para Pagamentos por Serviços Ambientais (PSA) com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente. Com objetivo de preservar nascentes existentes em propriedades rurais localizadas na área de influência da microbacia do Córrego Marinheirinho, a Prefeitura conquistou recursos junto ao Governo do Estado que serão repassados a produtores rurais que desenvolverem ações de recuperação e conservação dessas nascentes.

“Apenas Votuporanga e Piracaia foram contempladas com este convênio, isso prova nosso pioneirismo e determinação em lutar pelo meio ambiente”, reafirmou Dado. O convênio foi assinado na última segunda-feira (15/1), com a presença do Secretário de Estado, Maurício Brusadin.

 

Lixo Dog

Atendendo a sugestões de moradores, alunos da Unifev (Centro Universitário de Votuporanga) e do vereador Leonardo Brigagão “Chandelly”, a Saev Ambiental instalou lixeiras para o descarte de dejetos cães e gatos em áreas públicas de Votuporanga. A iniciativa, batizada com o nome “Lixo Dog”, conta com dez unidades espalhadas nas principais praças e parques da cidade, entre eles Parque da Cultura, Praça São Bento e Horto Florestal.

Do total das lixeiras instaladas, quatro estão no Parque da Cultura e duas na praça São Bento. As praças Santa Luzia e “Dr. Fernando Costa”, a Concha Acústica ”Prof. Geraldo Alves Machado” e o Horto Florestal “Sérgio Ramalho Matta” também foram contempladas com as lixeiras. A ação beneficiará os donos de animais que frequentam os locais, contribuindo com a limpeza e a manutenção dos passeios públicos.

“Protegemos os direitos de todos os cidadãos, aqueles que querem passear com seus animais, e aqueles que querem passear e não ser incomodados com as sujeiras dos animais das outras pessoas. É assim que se governa, pensando e protegendo os direitos de todos os cidadãos”, afirmou o prefeito João Dado, durante a manhã desta quarta-feira (17/1).

Segundo o superintendente adjunto da Saev Ambiental, eng. Marcelo Marin Zeitune, os locais escolhidos para a instalação das lixeiras são os mais frequentados pelos munícipes donos de cães e gatos. “Além de serem pontos muito utilizados para passeios com bichos de estimação, as áreas selecionadas servem de sedes para eventos que envolvem pets, como feiras de adoção, campanhas de vacinação e diversas outras atividades, que reúnem famílias inteiras e seus animaizinhos”, comentou.

Ainda de acordo com Marcelo, o projeto é novidade em coleta de lixo orgânico na região. Cada “Lixo Dog” conta com uma lixeira e um rolo com sacos plásticos, disponível para o uso do munícipe que não estiver munido de sua própria sacola.

A medida visa conscientizar o público quanto à prática do recolhimento dos dejetos de seus animais de estimação, que deve ser feita nas mais de 350 lixeiras para resíduos orgânicos ou comuns, encontradas em praças e outros espaços públicos da cidade. Em casa, o morador deve fazer o descarte no vaso sanitário ou, não sendo possível, no lixo comum.

Nos pontos contemplados com as novas lixeiras, as coletas serão realizadas da mesma forma e com a mesma frequência da coleta de lixo orgânico realizada nos demais espaços atendidos pelo serviço.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password