Policial fica com estilhaços de bala alojados no pescoço após tiroteio

Tiroteio aconteceu após quadrilha explodir caixa eletrônico em shopping. Ação aconteceu em Fernandópolis e ladrões fugiram.

Um dos policiais atingidos durante o tiroteio com uma quadrilha que explodiu caixas eletrônicos dentro de um shopping em Fernandópolis (SP) na madrugada desta sexta-feira (11) está internado na Santa Casa da cidade e vai passar por uma cirurgia.

O policial que continua internado foi atingido no pescoço. No raio-x dá para ver os estilhaços alojados. Ele foi socorrido em estado grave para Santa Casa. O cabo estava dirigindo um dos três carros da Polícia Militar durante confronto com os assaltantes. Depois do tiro, o veículo ficou desgovernado e acabou caindo em um barranco. Os outros dois policiais que estavam no carro também se feriram, receberam atendimento, mas já foram liberados.

“A viatura chegou e foi atingida por vários disparos e perdeu o controle, descendo em um barranco. Os policiais ficaram feridos, mas a lesão mais séria foi o que tomou um disparo de  arma de fogo. Eles chegaram bem no momento e frustraram a ação, se não completamente, pelo menos parcialmente”, afirma o coordenador operacional da Polícia Militar Wilson Cardoso Júnior.

No shopping, policiais do esquadrão antibombas estão no local e devem desarmar durante a tarde o explosivo que os ladrões deixaram para trás no segundo caixa que iriam explodir. A ação foi frustrada porque a polícia chegou bem na hora. A área está isolada até o fim do trabalho.

Segundo informações da polícia, os assaltantes chegaram em três carros e arrombaram a porta principal do shopping. Eles fizeram seguranças e seis pessoas que trabalhavam na decoração de Natal reféns. Eles saíram do local carregando bolsa pretas, provavelmente com o dinheiro do primeiro caixa que explodiu.

Quando os ladrões foram para o segundo caixa, o segurança feito refém conseguiu ligar para um amigo, que acionou a polícia. A equipe policiai chegou na hora que os ladrões estavam no segundo caixa. Houve troca de tiros durante a fuga e policiais foram atingidos.

O caixa explodido fica na praça de alimentação e a explosão foi tão forte, que a porta de acesso ao compartimento foi arrancada. Parte da parede e o vidro da bilheteria do cinema também quebraram.

Segundo as testemunhas, toda a ação durou menos de dez minutos. “A gente escutou barulho na porta, achamos que era um funcionário trabalhando e de repente chegou um cara armado e pediu para a gente deitar no chão e não falar nada. Ficamos só escutando o barulho da bomba”, diz o decorador Ricardo Martins. Os bandidos fugiram sem levar nada do segundo caixa eletrônico.

Procura
A Polícia Militar realiza um cerco em um canavial às margens da Rodovia Alexandre Balbo, em Ribeirão Preto (SP), em busca de dois suspeitos de explodir os caixas eletrônicos. Segundo as primeiras informações da polícia, o carro em que os ladrões usaram para fugir foi localizado na região porque era rastreado.

A polícia informou que os suspeitos roubaram um carro e fizeram os dois ocupantes reféns em Cardoso (SP), após a ação no shopping. Eles seguiram em direção a Ribeirão Preto e o veículo acabou sendo rastreado porque contém um dispositivo de segurança. O combustível foi cortado e os suspeitos entraram no canavial, na altura do quilômetro 326 da Rodovia Alexandre Balbo. As vítimas conseguiram escapar e não se feriram. G1

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password