Policial Civil mata mulher a tiros dentro de casa e comete suicídio na região  

Familiares foram até a residência do casal em Itajobi/SP, após o policial civil não ir ao trabalho. Bianca Barbosa Lopes e Caio Paziani Escobosa foram achados mortos dentro do imóvel; pistola usada foi apreendida. 

Ontem (29), uagente de telecomunicações da Policial Civil de 28 anos, matou a tiros a mulher Bianca Barbosa Lopes, de 25 anos, na casa onde moravam, no Residencial São Jorge, em Itajobi/SP. Segundo o boletim de ocorrência, depois do crime, Caio Paziani Escobosa cometeu suicídio. 

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, familiares foram até a casa de Caio, localizada na Avenida Pedra Preciosa, após ele não aparecer para trabalhar durante o período da manhã. No local, eles encontraram o casal morto e baleado no quarto. 

“- Como ele não veio trabalhar, achamos estranho e ligamos para os familiares, que foram até a casa deles e encontraram os dois sem vida”, afirma o delegado Marcos Júlio Cornacchia. 

O policial civil foi achado com a arma, uma pistola, na mão. Já a mulher estava deitada ao lado com ferimentos pelo corpo. Ainda segundo a polícia, foram encontradas pela perícia seis projéteis deflagrados no chão do quarto. 

Um boletim de ocorrência foi registrado como feminicídio seguido de suicídio. A polícia investiga a motivação do crime. A arma foi apreendida. 

O casal deixa um filho de cinco anos que provisoriamente ficará aos cuidados de parentes. 

O sepultamento de Bianca Barbosa Lopes foi realizado na tarde de ontem; já o enterro de Caio Paziani Escobosa foi realizado na manhã de sábado (30) no Cemitério Jardim Monsenhor Albino, em Itajobi. 

0 Comentários

    Deixe um Comentário

    Login

    Bem vindo! Faça login na sua conta

    Lembre de mimPerdeu sua senha?

    Lost Password