Policiais da DISE fecham casa de bingo em Votuporanga

Denúncias anônimas, bem como informações de forma privilegiada davam conta de que em uma casa na rua Antonio Vitorino, no Jardim Alvorada, funcionava de forma clandestina local de jogos de azar, cujo meio de apostas seria acesso diretamente a internet.

 

Durante levantamento prévio, foi identificado o responsável pelo local, como sendo a pessoa de J.,  que tinha a responsabilidade de cativar fregueses para as apostas, inclusive, foi possível verificar a constância de pessoas que adentravam a casa, por meio de um portão de correr.

 

Nesta terça-feira, ante as evidências de que se tratava de uma  possível contravenção de jogos de azar, policiais civis da DISE (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) foram ao local, onde J. foi detido em um dos cômodos da casa, onde haviam instalados cinco microcomputadores, diretamente ligados a uma rede de internet.

 

Em cada computador também estava individualmente instalada uma caixa de cor preta, acoplada com “noteiro” e acesso ao interior por meio de chave circular, as quais eram destinadas ao depósito das cédulas de dinheiro  inseridas pelos apostadores, para o acesso aos tipos de jogos oferecidos.

 

No interior das caixas foram encontrados cédulas, inclusive, em um dos computadores foi flagrado jogando a pessoa de B., o qual admitiu estar apostando na jogatina no momento da incursão policial. Em poder de J. foi apreendida certa quantia de dinheiro, representada por cédulas de vários valores, além da chave de abertura das caixas destinadas às apostas “online”.

 

Um dos microcomputadores estava acessado ao aplicativo Facebook, com perfil do próprio J.., com diversas conversas referentes as apostas, inclusive, ele mesmo publicou teor convidando pessoas a apostarem, tendo também inserido conteúdo de que um apostador havia ganho grande quantia, que ele admitiu ter publicado com o interesse de figurar como chamariz ao público apostador.

 

O responsável pelo local e o jogador foram conduzidos à DISE sendo elaborados os devidos trâmites de polícia judiciária. Todo o material foi devidamente apreendido, e requisitada perícia técnica pelo I.C. (Instituto de Criminalística).

votunews

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password