Polícia reconstitui crime que terminou na morte de adolescente

Menor mostra como deu uma paulada no rosto da vítima. (Foto: Colaboração/ Vinícius Chaves/ Realidade)

A Polícia Civil de Catanduva realizou na tarde desta terça-feira, 11, a reconstituição do crime que terminou na morte da estudante Ana Clara Macena dos Santos, de 14 anos. A adolescente foi morta depois de ser estuprada por outros dois menores, de 16 e 17 anos.

Ao se entregar à polícia, o mais novo, apontado até então como único responsável, entregou o nome do colega que participou do crime que chocou os moradores de Catanduva.

O corpo de Ana Clara foi encontrado abandonado em um barracão no bairro Dona Engrácia, com sinais de estupro, na tarde de domingo, dia 9. Ela desapareceu quando estava participando de uma festa promovida pelo grêmio estudantil do Instituto Federal de Catanduva.

A mãe do jovem, apontado antes como único suspeito do crime foi quem o convenceu a se entrega voluntariamente na DIG. No depoimento, ele assumiu o crime e revelou ter sido ajudado por um colega de 17 anos.

Marco Antonio dos Santos – diarioweb.com.br

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password