Polícia Militar fecha ponto de tráfico no bairro da Estação

A Força Tática e Rocam (Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas) da Polícia Militar de Votuporanga fecharam na tarde de ontem um ponto de tráfico de drogas localizado na rua Joaquim Franco Garcia, no bairro da Estação.

Foram levados para averiguação na Dise (Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes) seis jovens, sendo três maiores e três menores de idade, mas apenas dois foram presos por terem sido flagrados comercializando a droga. Os policiais encontraram em poder dos traficantes 142 porções de crack e 10 porções grandes de maconha, além de R$ 198 em dinheiro e sete aparelhos de telefonia celular. O total do prejuízo aos traficantes ultrapassa R$ 2 mil, segundo informações dos policiais.

De acordo com os policiais que participaram da apreensão, populares avisaram que novos rapazes haviam tomado o ponto de tráfico após a prisão de um traficante na semana passada.

Então na tarde de ontem os policiais armaram uma emboscada. Eles simularam uma abordagem e foram embora do local, ficando um deles escondido em uma construção no fundo do terreno em que os rapazes utilizam para camuflar a droga.

O policial então avistou o maior B.A.V.G., 19 anos, vulgo “Galinho”, e o menor M.R.S. conhecido como “Tamoiado”, de 17, saindo do terreno e entregando drogas aos clientes. Os policiais então chegaram e abordaram os dois rapazes, além de outros quatro que também trabalhavam no ponto como “olheiros”.

Foram encontradas no terreno 142 porções de crack, totalizando 39 gramas, em porções comercializadas a R$ 10, e 10 porções de maconha, totalizando 215 gramas, cada uma vendida por R$ 50. O crack estava guardado dentro de um porta-marmita e a maconha em um porta-mamadeira. Também foi localizado material usado para fracionar a droga. O delegado da Dise, Antônio Marques do Nascimento esteve no local.

O menor já tem passagem pelos crimes de receptação e tráfico de entorpecentes, tendo ficado um período como interno da Casa Abrigo. Já o maior não tem ficha policial. Os dois foram encaminhados para a Cadeia de Votuporanga, onde o menor ficará aos cuidados da Vara da Infância e Juventude e o maior á disposição da Justiça.

Já os outros quatro detidos foram ouvidos e liberados em seguida. Eles eram suspeitos de cometer um roubo horas antes em um estabelecimento comercial no Bom Clima, mas não foram reconhecidos. O entorpecente será analisado pelo IC (Instituto de Criminalística). André Nonato/O Jornal

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password