Polícia investiga possível suicídio de jovem jalesense

JALES – A polícia investiga a morte do jovem Daniel Rocha Ribeiro Canovas no início da noite da última terça-feira, dia 16 de fevereiro. Segundo informações extraoficiais, ele teria jogado sua motocicleta contra um caminhão Mercedes Benz 1313 e, devido aos graves ferimentos, não resistiu e faleceu no local.
Pessoas próximas à família disseram que o jovem, funcionário do Auto Posto Ale, na Avenida Paulo Marcondes, foi demitido na tarde de quinta-feira, o que teria motivado a cometer o possível suicídio.
Canovas teria, segundo testemunhas, ligado para a esposa Jéssica Poiatti Canovas, pedindo para que ela desse um beijo no filho, alegando que não voltaria mais para casa. Daniel seguiu com sua Honda Biz pela Rodovia Euphly Jalles e, próximo ao trevo da Rodovia Elyeser Montenegro Magalhães, no quilômetro 352, teria jogado a moto contra a frente do caminhão que seguia no sentido Trevo-Jales. De acordo com o depoimento do motorista do caminhão à polícia, a moto foi jogada propositalmente.
O jovem Daniel Canovas, segundo amigos, era uma pessoa feliz e divertida. Depoimentos deixados em sua página no Facebook no dia da tragédia, mostram o quanto o rapaz era querido pelos amigos e familiares. “Não acredito Dani. Podia ser mais uma das suas brincadeiras, deixou nós todos em pedaço. Sua alegria foi contagiante em nós ,mas a sua ausência nos esvaziou. E agora, como vai ser dia de sábado aqui na sua mãe? Que tristeza. Quantos anos, desde você menino agitando a nossa rua. Levou tudo isso hoje. Tenho certeza que não sabia o tamanho estrago que ia fazer”, disse um dos relatos.
Daniel deixa esposa e um filho de quatro anos.

Jornal A Tribuna

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password