Polícia investiga caso de exploração sexual

A Polícia Civil investiga caso de favorecimento de prostituição e ameaça a uma jovem de 22 anos contra um analista de Rio Preto, que é administrador de um site que transmite relações sexuais ao vivo. A ocorrência foi registrada na tarde desta terça-feira, 13, em Rio Preto.
Segundo relatos da vítima à polícia, o investigado tem um site, onde a jovem faz sexo com outras pessoas e as relações são transmitidas ao vivo para internautas. Ela afirma que para os clientes assistirem as cenas é cobrado determinado valor, mas não especificou a quantia.
Do total, 50% ficava para a jovem e 50% para o suspeito. Desde o início deste mês, quando cogitou a possibilidade de parar com esses vídeos, a jovem vem sofrendo ameaças, vindas do administrador do site.
Ela alega que teve um relacionamento com o investigado. Em novembro do ano passado, inventou que seu pai havia batido nela para conseguir reatar o namoro com o suspeito. Ela entregou ao namorado fotos dessa agressão, que atualmente ela alega que são falsas. Na época, a jovem entregou as fotos afirmando ao companheiro que precisava de sua proteção e ambos voltaram a namorar.
Com a possibilidade dela parar com os vídeos para o site, o rapaz teria começado a fazer ameaças de entregar as fotos à polícia e “prender” o pai da vítima.
Em depoimento, ela afirma que o suspeito explicou como funcionava os sites, quais seriam os ganhos e acabou atraindo a jovem para o negócio. Com medo de deixar de participar desse site e prejudicar o pai, ela registrou o boletim de ocorrência.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password