Polícia inicia uso de radar móvel na cidade

Os policiais militares iniciaram ontem o uso de um radar móvel em 100 pontos de Votuporanga, entre ruas e avenida. O uso do aparelho, por meio da Atividade Delegada, será nos eixos binários que abrangem as ruas: Bahia, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraíba, das Bandeiras, das Américas, Tibagi e Itacolomi. Nestes locais, o limite de velocidade é de 50 km/h.

O secretário de Trânsito, Transporte e Segurança de Votuporanga, Alberto Casali, disse que o radar móvel alcança 500 metrosem linha reta e pode vistoriar mais de um veículo. “O aparelho é semelhante ao do policial rodoviário. Na hora em que o agente mira no veículo, dispara um gatilho e traz o equipamento para perto do corpo. Com motos, o policial vai soltar o gatilho na traseira do veículo”.

O secretário de Trânsito admitiu que o equipamento irá funcionar em horários alternativos. “Estamos montando um novo cronograma para que a equipe da Atividade Delegada possa atuar em horários diferenciados. Os radares não terão horário exato de funcionamento, podendo vistoriar aos finais de semana”.

Para Casali, a única maneira de coibir excesso de velocidade é o radar móvel. “Não temos condições de implantar lombadas em todos os locais, porque inviabilizaria o trânsito. Se colocar semáforo também, a cidade vira uma ‘discoteca’ e não resolve. Quem não abusa da velocidade, não precisa ter medo do equipamento”.

Ele afirmou que os locais onde o radar pode atuar serão elencados diariamente no site da Prefeitura nos links “Cidadão” e “Fiscalização Eletronica”. As multas dos radares não têm valor fixo, depende da velocidade extrapolada pelo motorista. Casali acredita que entre 10 dias toda a cidade receberá sinalização sobre a fiscalização. (Colaborou Andressa Aoki)

Luciano Moura
luciano.moura@diariodaregiao.com.br

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password