Polícia Federal escolta mulher presa por contrabando até a Cadeia Pública de Votuporanga

Viatura da Polícia Federal escoltou mulher presa até xadrez da cadeia de Votuporanga, ontem

Policiais federais estiveram ontem (2) em Votuporanga. Eles escoltaram uma mulher presa por contrabando, na cidade de Foz do Iguaçu. A viatura chamou a atenção de quem passou  à tarde em frente à Cadeia Pública da cidade, face às recentes operações que aconteceram na no município no último ano.

A mulher, identificada como Terezinha Ribeiro Lobo, de 58 anos, moradora do Ceará, foi detida pela Polícia Rodoviária Federal na fronteira entre o Brasil e o Paraguai com produtos contrabandeados. Desde a última terça-feira, a Cadeia Pública de Votuporanga passou a abrigar mulheres presas na região. Neste caso, informações preliminares dão conta de que a suspeita deve ser investigada por algum esquema na região, O policial federal que estava na escolta não deu maiores detalhes.

Cadeia
A partir da última terça-feira (1º), a Cadeia Pública de Votuporanga passou a receber apenas mulheres. Os homens que estavam no local foram transferidos para unidades da região. A medida deve valer até que a cadeia feminina de Nhandeara, que está em obras, fique pronta. Isso deve durar cerca de dois meses. No geral, as mulheres que forem encaminhadas para a cadeia local ficarão nas celas até que seja providenciado o transporte para a cadeia feminina de Tupi Paulista. Jociano Garofolo/A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password