Polícia desmente boato de rapto de criança

Uma mensagem de voz divulgada pelo aplicativo WhatsApp sobre uma suposta quadrilha que estaria raptando crianças em Rio Preto tem apavorado os pais. A repercussão foi tamanha que a polícia veio a público tentar tranquilizar as pessoas e negar a veracidade da mensagem. Tanto a Civil quanto a PM informaram que não há registro de sequestro na cidade e nem investigação de atuação de qualquer bando praticando esse tipo de crime. Mãe de duas crianças, de 4 e 2 anos, C.D.N, 33 anos, conta que o boato se espalhou entre as mães de alunos da escola em que uma das filhas estuda. “Fiquei preocupada com a segurança delas porque está todo mundo comentando. Por mais que digam que é boato, eu redobrei a atenção que eu já tinha com elas.

“O áudio é gravado por uma mulher que afirma na mensagem que a sobrinha de uma aluna dela havia sido raptada na agência do Poupatempo. A suposta sequestradora teria usado uma boneca da personagem infantil Pepa para ganhar a confiança de uma menina de 4 anos. Diz a mensagem que a sequestradora faz parte de uma quadrilha com cinco pessoas que estaria atuando também nos shoppings. “Não há nenhuma ocorrência registrada e nem suspeita. Trata-se de pessoas que querem causar pânico”, afirmou o major Luiz Roberto Vicente, coordenador regional da PM.

Mesma opinião tem o delegado do Deinter-5, Raymundo Cortizzo Sobrinho. “Não há investigação em curso porque não houve denúncia, o que leva a crer se tratar de boato.” Caso venha a ser identificado, o responsável pode ser enquadrado no artigo 41 dos crimes de contravenção penal, definido como “falso alarma”. Para esses casos é prevista detenção por 15 dias até 6 meses, normalmente substituída por pena alternativa, como doação de cestas básicas.

O Poupatempo informou que não houve sequestro na unidade em Rio Preto. “Nenhum registro de caso semelhante foi detectado”, diz a nota. O Riopreto Shopping, o Plaza, o Iguatemi e o Praça Shopping informaram desconhecer ocorrências em seus centros de compras. O Shopping Norte não retornou à ligação até o fechamento desta edição.

Tatiana Pires/ Via: Diário da Região de Votuporanga

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password