Polícia de Cardoso prende acusado de matar o próprio pai

POLÍCIA CIVIL DE CARDOSO PRENDE ACUSADO DE ASSASSINATO

Após intensa investigação feita pela equipe da Polícia Civil de Cardoso, finalmente chegou ao fim o mistério que envolvia a morte do votuporanguense José Travassos, o conhecido Paraíba, 70 anos de idade.

Conforme informações colhidas pela reportagem do votunews.com.br a Polícia Civil de Cardoso prendeu nesta terça-feira, um homem de 30 anos de idade, acusado de matar o próprio pai, há dois anos, no vilarejo de pescadores conhecido como “Porto Militão”.
José Travassos, o Paraíba, 70 anos, foi encontrado morto com vários ferimentos e uma faca suja de sangue foi encontrada no local. O filho da vítima foi preso em São Paulo, onde estava escondido em um galpão.

Entenda o caso,

 

No dia 09 de julho de 2014, o aposentado José Travassos, de 70 anos, mais conhecido como “Paraíba”, foi encontrado assassinado em Cardoso. Logo após o crime, investigadores de Polícia de Cardoso realizaram diversas diligências com a finalidade de identificar e prender o criminoso.

Durante as investigações surgiram indícios, de que um dos filhos de “Paraíba”, identificado como sendo W.R.L.T, de 30 anos de idade, poderia ser o autor do crime. A partir deste momento ele passou a ser suspeito do crime.

Acontece que W.R.L.T, ao perceber que poderia ser preso, deixou a residência na cidade de Votuporanga, onde residia com “Paraíba”, fugindo para lugar incerto sem deixar pistas.

Diante disso foi expedido pela Justiça de Cardoso Mandado de Prisão Preventiva em desfavor do acusado. Após intensas investigações os investigadores descobriram que o indivíduo estava escondido na periferia de São Paulo, local com alto índice de criminalidade. Ante a descoberta diligenciaram até o local e surpreenderam o procurado que estava em um galpão, ocasião em que foi preso e colocado à disposição da Justiça.

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password