Polícia apreende 5 toneladas de madeira ilegal na BR-153

Policiais rodoviários federais de São Paulo e Minas Gerais realizaram uma operação de combate aos crimes ambientais na região de Rio Preto e apreenderam 4,9 metros cúbicos de madeira jatobá cortada ilegalmente, o que corresponde a aproximadamente cinco toneladas. O carregamento estava numa carreta detida ontem no km 1 da BR-153, em Icém. A madeira era transportada de São João dos Patos, no Maranhão, com destino a Marília. O motorista não tinha documentação de guia florestal e nem nota fiscal.

O caminhoneiro M.J.O., 51 anos, foi levado à Polícia Federal e autuado por crime ambiental, conforme artigo 46 da lei 9605/98, e multado em R$ 1.170. Ele foi ouvido e liberado. Posteriormente, a carreta e a carga foram apreendidas, apresentadas ao Ibama e encaminhadas à Polícia Ambiental. Aos policias, o motorista disse que ganhou 20 vigas de madeira e mais R$ 600, valor correspondente ao frete, para fazer o transporte.

Segundo informou o Ibama, todo o transporte de madeira deve estar amparado por documento de origem florestal (DOF ou Guia Florestal do Estado de origem) e a carga transportada deve estar de acordo com o declarado na documentação, tanto quanto ao volume quanto à espécie. No caso de irregularidade, os responsáveis respondem por crime ambiental.  DiárioWeb

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password