Polícia Ambiental localiza “cemitério” de celulares e baterias

Na manhã deste quarta-feira (04), por volta das 10h20, Policiais Militares Ambientais pertencentes ao 2º Pelotão de Polícia Militar Ambiental de Jales, encontraram depois de uma denúncia, um terreno onde celulares e baterias eram descartados irregularmente.

Uma grande quantidade de carcaças de celulares, placas eletrônicas e baterias foram encontradas dispostas diretamente ao solo, em uma vala de drenagem de águas pluviais em uma estrada de terra. Segundo os policiais, algumas celulares dão indícios que tais materiais poderiam pertencer a uma empresa do ramo de telefonia de Jales.

Diante do exposto, 1º Ten PM Renato de Oliveira Montanari, Cmt do 2º Pel PAmb, acionaram a Polícia Técnica Científica que compareceu no local para efetuar a perícia dos materiais, bem como, um técnico ambiental da Cetesb.

O material ali exposto foi recolhido após perícia, foi recolhido para evitar contaminação do solo e da lagoa existente nas proximidadeas.

A ocorrência foi apresentada na Central de Polícia Judiciária de Jales, que determinou a lavratura de Boletim de Ocorrência para averiguação do responsável pelo crime ambiental, de acordo com o artigo 56 da Lei de Crimes Ambientais (9.605/98), sendo os materiais destinados ambientalmente corretos de acordo com a legislação em vigor. Mais Interativa

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password