Polícia Ambiental deflagra operação e apreende armas de fogo na região

Da redação


Cerca de 19 pessoas foram apreendidas durante operação realizada pela Polícia Ambiental durante o dia de ontem na região. Policiais localizaram armas, munições, pássaros silvestre e couros de animais abatido. Mais de R$20 mil reais em autuações foram aplicadas.

De acordo com informações do 4º Batalhão de Polícia Ambiental, sediado em Rio Preto, o objetivo da operação foi a repressão aos crimes de caça de animais da fauna silvestre, e também ao porte e posse ilegal de armas de fogo, visando à apreensão de armamentos em situação irregular e de material utilizado para a prática 

Ao todo, foram cumpridos 21 mandados de busca domiciliar com o objetivo de apreender armas de fogo, materiais utilizados na caça de animais silvestres, e quaisquer objetos relacionados a ilícitos penais

A operação batizada de “Venari” – caça em Latim –  teve início às 04h30m da manhã, na região dos municípios de Santa Fé do Sul, Três Fronteiras, Rubinéia e Santa Clara D´Oeste. Ao todo foram empregados 93 policiais militares e 27 viaturas, que fiscalizaram 26 propriedades.

Cerca de 19 pessoas foram conduzidas para a Delegacia de Polícia, onde  foram presas em flagrante, mas mediante o pagamento de fiança foram lieradas.

Ao todo foram apreendidods 52 armas de fogo – como espingardas, revólveres e garruchas de calibres diversos, 3.365 munições de diversos calibres, três miras ópticas, uma tarrafa de nylon, um arpão, diversos materiais para recarga de munição e  um quilo e meio de agrotóxico conhecido popularmente como “Regente’.

Também foram localizados e apreendidos a cabeça de um veado e couro de jacaré e 11 pássaros silvestres, dentre estes 03 mutuns, aves ameaçadas de extinção.
 
Os infratores foram autuados administrativamente através de autos de infração Ambiental, que totalizaram R$ 22,5 mil.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password