Polícia aborda pessoas morando em prédio abandonado

O antigo prédio da Casb, que fica no final da avenida João Gonçalves Leite, está esquecido há muitos anos. E com isso, o local passou a ser utilizado de várias maneiras por algumas pessoas: para garagem provisória de veículos, uso de drogas, relações sexuais, guardar objetos furtados, etc.

Na manhã de ontem, o vereador André da Tura esteve no local, acompanhado de moradores das proximidades, que se sentem incomodados com a situação.

Segundo eles, mais de 20 pessoas estariam “morando” no prédio; existe um boato que uma mulher estaria no local somente para se prostituir.

Em janeiro deste ano, o jornal A Cidade publicou uma reportagem sobre o valor pedido para a venda do local: R$ 6 milhões. Os negócios tramitam por uma construtora de São José do Rio Preto. Uma placa foi colocada uma placa no local, informando a venda ou troca e telefones para contato.

 

Indicação

André fez uma indicação à Prefeitura para notificar o proprietário ou o responsável pelo imóvel, visando lacrar a entrada com tapumes para evitar o consumo de drogas no local.

Em sua justificativa, os moradores o procuraram, solicitando ainda a limpeza de terreno, já que encontra-se com grande acúmulo de lixo.

 

Pai já buscou filho que usa drogas no local

José Roberto Campos tem um filho de 25 anos. Ele contou que o jovem utiliza o prédio para o uso de drogas. O desespero do pai é tão grande que ele já chegou a ir até o local, de madrugada, pedindo para que o filho retornasse para casa e deixasse as drogas. Como resposta, foi ameaçado pelo amigo do filho, que também é usuário, que estava no local.

Karolline Bianconi

karol@acidadevotuporanga.com.br

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password