PM de Araçatuba é morto na frente do filho

O cabo da Polícia Militar Reginaldo Taiacoli, que é natural de Araçatuba, foi assassinado na manhã deste sábado (2) em São Paulo, onde trabalhava. Segundo informações do site G1, ele estava de folga, acompanhado do filho de 15 anos, com quem iria pescar. O crime aconteceu em um posto de combustíveis. Ele foi executado e teve a arma roubada. Até o início da noite não tinha sido confirmado se o corpo será trazido para Araçatuba.

Segundo a publicação, o homicídio aconteceu por volta das 5h, no Jardim São Luís, região de Santo Amaro, na Zona Sul da capital. Imagens do sistema de segurança do estabelecimento mostram a vítima abaixada ao lado do pneu dianteiro esquerdo do veículo, calibrando o mesmo, enquanto o filho dele está em pé, encostado na parte traseira do carro.

De repente, surgem dois homens, um deles vai direto no policial, que está de camiseta vermelha, e o outro entre no veículo, no lado do passageiro. Enquanto isso, o menino levanta as mãos e acompanha a ação dos criminosos.

REVISTA


Durante revista a vítima, o assaltante encontra a arma, a qual aponta para Taiacoli e se afasta em direção ao comparsa, que nesse momento está com uma arma apontada para o filho da vítima. Este se aproxima do policial, dispara contra a cabeça dele e sai correndo. O outro assaltante também corre, levando a arma do PM, e o adolescente foge na direção contrária. A vítima cai imóvel no chão.

Apesar das buscas, a polícia não conseguiu encontrar os assaltantes. A informação é de que outro homem foi baleado na mesma avenida do posto, cerca de duas horas depois. O caso será investigado pelo 47º Distrito Policial, no Capão Redondo.

A assessoria de imprensa da SSP (Secretaria de Segurança Pública) do Estado emitiu nota informando que lamenta a morte do cabo Reginaldo Taiacoli e se solidariza com a família. Segundo o órgão, a Polícia Civil está investigando o caso que aconteceu na avenida Maria Coelho de Aguiar. “Foram solicitadas as imagens de circuito de segurança e perícia para o local”, conclui a nota.

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password