Câmara Municipal fica lotada para anúncio de casas a servidores públicos municipais

O plenário da Câmara Municipal recebeu ontem dezenas de servidores municipais. Todos estavam atentos para saber sobre as unidades habitacionais que serão construídas pela empresa Scamatti & Seller para a categoria.
O gerente responsável da empresa, Humberto Tonnani Neto, apresentou dois novos empreendimentos. O Jardim Mastrocola possui 700 unidades que serão construídas. Também têm Residencial Seller, com 700 casas. “Vamos construir as casas e quem quiser adquirir, tem que se enquadrar em três a seis salários de renda familiar”, frisou.
Segundo ele, estão em construção três mil unidades. “Se tiver demanda, nós vamos investir mais. Já temos mais áreas para isso. Vocês terão ajuda do governo, com facilidade de pagamento”, destacou.
Humberto deu detalhes do processo. “Ninguém precisa ir na agência bancária. Nós fazemos o contato com o banco para facilitar a vida de vocês”, afirmou.
Ele disse que as plantas são iguais, mas de fachadas diferentes. “Você escolhe o lote e fachada. Isso é um financiamento.Após receber a chave, você ampliar, fazer o que quiser”, enfatizou.
A empresa é responsável pelo Jardim Itália, que será entregue em setembro. Também investe no  Jardim Campo Belo está totalmente vendido.
O presidente da Câmara, Mehde Meidão Slaiman Kanso, afirmou que o evento é importante para todos que queiram casa própria. “Marcamos reunião para trazer a empresa para explicar a construção.
Scamatti & Seller fez a parceria. Não é sorteio, são casas que serão adquiridas. Vocês vão ter condição de na hora da inscrição optar por residência perto da represa ou no Mastrocola”, enfatizou.
Meidão destacou que todo o servidor público pode realizar o sonho de sua casa própria e, para isso, a construtora se interessou pelo projeto vendo a necessidade e a demanda da categoria.
O prefeito Junior Marão disse que habitação interessa a população. Ele falou que mais 330 unidades serão construídas e ficarão prontas no próximo ano. “Será por sorteio. Mas isso não é suficiente pela demanda que a cidade tem. Muita gente mora de aluguel, por mais que façamos de ação direta da Prefeitura de mais de 1000 casas, ainda temos uma demanda muita gente.Fico feliz pela empresa estar construindo residências e realizando o sonho”, enfatizou.
Prefeito ressaltou que é muito difícil encontrar aluguel menor que R$ 500 “Sei o impacto disso no orçamento de uma família”, complementou. Sobre as casas do Scamatti & Seller, Marão disse que o valor é bem acessível. As inscrições devem ser feitas na imobiliária Romano. (Andressa Aoki – A Cidade)

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password