Piloto faz manobras arriscadas com avião às margens do Rio Tietê em Araçatuba 

Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) afirma que já teve acesso aos vídeos com as manobras; Polícia Civil vai investigar o caso. 

No fim de semana, um piloto de avião bimotor foi flagrado fazendo manobras arriscadas às margens do Rio Tietê, em Araçatuba/SP. Vídeos que mostram as manobras estão circulando nas redes sociais e em grupos de WhatsApp. 

Na imagem é possível ver que o avião decola de uma propriedade rural às margens do rio. O piloto faz a manobra passando próximo à superfície do rio, e depois passa por cima de árvores e de uma construção. Ele passa, inclusive, perto de pessoas que estão filmando a manobra. 

O piloto parece ter dificuldade de decolar e em um determinado momento quase bate na água. 

As gravações foram feitas por pessoas diferentes. O local é uma praia e é uma área de preservação, que fica atrás de um condomínio residencial no município. 

Segundo testemunhas, as manobras perigosas foram feitas várias vezes, inclusive passando próximo a pessoas que estavam na praia. A aeronave pertence ao empresário Rodrigo Maia Jacinto, mas não se sabe ainda quem era o piloto. O empresário não foi encontrado para comentar o assunto. 

Em um outro vídeo, que também foi divulgado nas redes sociais, outro avião também pousa na mesma praia. Nesse caso não é possível ver o prefixo da aeronave e identificar a quem ela pertence. 

Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) já teve acesso aos vídeos. No caso do avião que foi identificado, um servidor da agência fez um memorando para a própria agência pedindo para que o caso fosse investigado. 

Ele comunicou que “uma aeronave decola aparentemente de forma negligente e/ou imprudente, iniciando curva de grande inclinação antes de ganhar altitude, quase tocando a água e passando próximo a pessoas, embarcações e construções, expondo a risco excessivo a aeronave, coisas e pessoas à bordo e em solo.” 

O relatório foi encaminhado pedindo para que o operador da aeronave seja intimado a prestar esclarecimentos necessários. Além da Anac, a Polícia Civil também teve acesso aos vídeos pelas redes sociais e também está investigando as manobras arriscadas, que se enquadram como contravenção penal. 

FONTE: Informação | G1 

0 Comentários

Deixe um Comentário

quatro × 3 =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password