PÉTALAS DE ADEUS

São horríveis as flores levadas aos mortos, sejam nos dias de sepultamento ou nos dias subseqüentes de finados!  Por mais belas que possam parecer, por mais coloridas ou perfumadas que possam ser; agora, para nada mais prestam!  Haja vista que aqueles aos quais elas foram destinadas, jamais saberão a real finalidade delas ou a verdadeira intenção de quem as trouxeram. Eles jamais as receberão!  Jamais poderão desfrutar da delicadeza ou do aroma delas, sequer curtirão suas infindas cores ou se alegrarão pela lembrança furtiva, ou se deleitarão com a nobreza do ato ou se deliciarão com o perfume.

Pois, as flores levadas aos mortos, apesar de belas se tornam desfragmentadas, despetaladas; apesar de coloridas se tronam incolores ou preto e branco; quanto ao aroma primaveril de outrora, este, hodiernamente, tornou-se fútil, aborrecível, irritante e fúnebre.  As alegrias transformaram-se, num instante, em lágrimas infindas de desespero, desesperança e saudades… E a vida, bem essa tal vida que parecia envolvente e encantante, teve parte dela encaixotada e sepultada, nada mais importará, o que restou denominou-se como sendo história e foi catalogado como lembranças…

No silêncio, ante ao túmulo…  Espero, sinceramente, que as flores tenham vindo antes desse último adeus ou o despetalar de cada uma delas, será bem mais desconcertante, frio e funesto. Pois, o que se ouvirá somente, será o som de uma pá e de uma enxada que arrastam terra e cobrem destemidamente o que antes era a vida, ou uma colher de pedreiro que as pressas, mesmo sem muita habilidade, constrói uma pequena parede evitando assim, que a morte escape ou que vida volte ao inerte corpo, promulgando o fim.  Se você está aguardando isso para levar flores a alguém; certamente, você é o mais imbecil de todos os seres humanos!

Leve flores para os vivos! Abrace, perdoe, dialogue e ame intensamente seu próximo, seus entes queridos, seus amigos, seus colegas de trabalho e de escola, seus vizinhos e tantos outros que cruzarem seus caminhos, enquanto eles ainda estão com vida e saúde juntos a ti.  Isso, é sem dúvida alguma, o que realmente terá importância na triste hora do último adeus.

 

Paz e misericórdia!

 

Texto: Pr. Braulio Mendes.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password