Pesquisadores visitam locais de risco de Votuporanga

Em um trecho da canalização do córrego Boa Vista, profissionais ressaltaram que Prefeitura tem buscado a prevenção

A Defesa Civil de Votuporanga e os profissionais do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) visitaram diversos pontos da cidade nesta segunda-feira (04/05) para mapeamento de áreas de alto e muito alto risco a deslizamentos e inundações. A equipe esteve em trechos como a canalização do córrego Boa Vista, que solucionou o problema de enchente no bairro Estação/Matarazzo, e represa de captação de água da Saev Ambiental.

Nos locais, os pesquisadores tiraram fotografias e fizeram levantamento. “A Prefeitura tem feito a parte dela em busca de prevenir inundações”, disse o geólogo e profissional do IPT, Marcelo Gramani.

Ele explicou que o mapeamento deverá ser entregue em julho, com algumas sugestões para o Poder Executivo. Um contrato assinado no ano passado entre o Instituto de Pesquisas Tecnológicas e a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do estado de São Paulo prevê o mapeamento das áreas de alto e muito alto risco a deslizamentos e inundações em 42 municípios abrangidos no Plano Preventivo de Defesa Civil do estado. “O relatório que elaboramos mostra quais são os locais prioritários e que precisam de investimentos”, afirmou.

 

O coordenador da Defesa Civil de Votuporanga, Josuel Domingues, o Zezo, explicou que a Prefeitura investiu significativamente nas canalizações dos córregos Boa Vista, no bairro Estação/Matarazzo, e uma das nascentes do Marinheiro, no Santa Amélia.

 

Parque Santa Amélia

Inaugurado em abril de 2011, o “Parque Municipal Santa Amélia e Reserva Ecológica Chico Mendes” solucionou um problema de erosão em que havia se transformado o terreno, que trazia uma série de riscos para a população, como a proliferação de insetos e habitações irregulares. No local foi feita a canalização de uma nascente do córrego Marinheiro e construído um complexo de lazer que inclui campo de futebol, mini-campos, parques infantis, quiosques, pista para prática de caminhada e academia ao ar livre.

 

Canalização do Boa Vista

 

A canalização e urbanização do córrego Boa Vista, no bairro Estação/Matarazzo, foi dividida em duas etapas. A primeira, que compreende o Sistema de Lazer “Amadeo Ferrari”, foi inaugurada em 2012 e resolveu um antigo problema de enchentes provocadas por chuvas, principalmente na rua Minas Gerais, criando uma área com pista de caminhada, paisagismo, calçamento, postes de iluminação, bancos, lixeiras e academia ao ar livre.

A segunda, que contempla os trechos das avenidas Prestes Maia até a Francisco Matarazzo, numa área de 28 mil m², já teve investimento na canalização, iluminação e pavimentação asfáltica; e agora conta com convênio junto ao Governo do Estado para concluir a urbanização e oferecer uma grande área de lazer para a população dos bairros Palmeiras I, Dharma e Matarazzo. Esta etapa da obra contemplará campo de futebol, canchas de bocha e malha, pista de caminhada, playground, academia ao ar livre, calçamento, lixeiras, bancos, paisagismo e plantio de árvores.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password