Pandora estreia neste sábado e segue até segunda

Espetáculo produzido por artistas locais será na Concha Acústica com três apresentações exibidas sempre a partir das 21h

Como parte da programação de encerramento das atividades do final de ano o NIAC (Núcleo de Iniciação às Artes Cênicas), mantido pela Prefeitura de Votuporanga por meio da Secretaria da Cultura e Turismo, estreia neste sábado (20/12) o espetáculo Pandora, com três apresentações que serão exibidas também no domingo (21/12) e segunda (22/12), sempre às 21 horas na Concha Acústica de Votuporanga “Prof. Geraldo Alves Machado”.

Segundo o diretor do espetáculo, Marcelo Zamora, “Pandora é baseado na mitologia grega, e nos leva a uma íntima reflexão sobre os sentimentos bons e ruins, e que somos capazes de guardar e libertar dos nossos sentidos. Porém, o objetivo maior da obra, interpretada por 42 alunos do NIAC, é falar de esperança, fé nas pessoas e de aproximação como forma de construção social”.

Além disso, o espetáculo vai homenagear o principal mentor do projeto, Antenor Xavier da Silva, conhecido como Pindorama, que faleceu em março de 2014, com uma cena interpretada por Marcelo Zamora com música cantada ao vivo por Mauricio Fuscaldo, que também assina a cenografia do projeto.

Pandora

É uma obra visceral, emotiva, dedicada aos seres queridos, presentes e ausentes, uma homenagem à família, uma ode ao amor fraterno. A mitologia grega diz que Pandora foi a primeira mulher criada pelos deuses e que, ao se casar com Epimeteu, trazia consigo um presente dado por Zeus, uma jarra, a caixa de Pandora,bem fechada que estava proibida de abrir. O cenário é de Vangelis Lopes usando para a criação uma gama de efeitos que vão desde animação virtual ate fotografias do álbum de família dos alunos do NIAC. A trilha sonora inclui composições de Nelson Gonçalves, Banda Bacilos, Arnaldo Antunes, Enrique Bunbury e o compositor peruano Alcides Carreño.

NIAC

O Núcleo de Iniciação às Artes Cênicas teve início em 2013 e é uma plataforma de estudos, pesquisas, produções e divulgações dos artistas de Votuporanga oferecidas através de aulas, palestras e atividades gratuitas com os integrantes na sede da Escola Municipal de Artes. Para a secretária de Cultura e Turismo, Silvia Stipp, “é muito satisfatório identificar que um projeto tão jovem já conseguiu envolver toda a equipe e resultar em espetáculos”.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password