Palito não retorna e diretoria estuda punição

Até a tarde de ontem, treinador Marcelo Henrique não sabia o paradeiro do camisa 10; atleta deve começar partida no banco

A Votuporanguense terá mais um desfalque no jogo de domingo, contra o Atlético Sorocaba, no Plínio Marin. Depois de perder Paulo Henrique e Victor Hugo, suspensos, o técnico Marcelo Henrique já sinaliza que não conta com o camisa 10, Victor Palito, para o confronto decisivo. Até a tarde de ontem, o meia ainda não havia retornado da folga prevista até terça-feira à tarde.

Após a derrota no sábado à tarde em Sorocaba, comissão técnica e diretoria decidiram dar folga aos jogadores. Na tarde de terça-feira todo o grupo se reapresentou, menos Victor Palito. O atleta era aguardado para ontem, mas também não apareceu. Segundo consta, o camisa 10 estaria em Campinas com familiares e retornaria aos treinamentos somente na manhã de hoje.

Vale lembrar que o atacante Romário foi punido pelo atraso na reapresentação após a vitória contra a Ferroviária no Plínio Marin. O centroavante começou no banco na partida seguinte contra o Independente. Para o técnico Marcelo Henrique, a medida deve ser a mesma para todos os atletas que quebraram normas estipuladas pela comissão técnica.

“É um jogo decisivo, gostaríamos de mais comprometimento dos atletas. Não posso simplesmente chegar no domingo e escalar um jogador que não treinou durante toda  a semana. No grupo, existem jogadores que ‘ralaram’ a semana toda. Seria incoerência da minha parte fazer isso”, afirmou o treinador alvinegro na tarde de ontem. Apesar de deixar claro sua opinião, Marcelo Henrique disse que ainda vai avaliar a situação com a diretoria. “Vamos sentar com ele e ver o que realmente aconteceu para então tomar as medidas”.

O presidente da Votuporanguense, Marcelo Stringari, disse que já estava em contato com o jogador e que iria ouvir a versão do atleta sobre o ocorrido, mas deixou claro que o treinador tem autoridade total para tomar a atitude que achar necessária. “Quem escala o time é ele. Se ele vai jogar ou não é o Marcelo Henrique que vai decidir. Nós da diretoria, vamos avaliar o episódio para definir se o atleta será multado ou não”, declarou.

Treino

Na tarde de ontem, o técnico Marcelo Henrique promoveu um coletivo entre titulares e reservas e esboçou qual time deve levar a campo no domingo, contra o Atlético Sorocaba. No time de colete, considerado titular, estavam: Cairo, Douglinhas, Caio César, Lucas Seixas e Canhoto; Jordã, Paulinho e Álvaro; Adílson Bahia, Léo e Anderson Cavalo.

Na metade do primeiro tempo do coletivo, Adílson Bahia sentiu um desconforto no joelho e saiu de campo. Sthanner assumiu seu posto entre os titulares. Apesar de deixar o coletivo, o fisioterapeuta do clube, Danilo Lima, explicou a saída de Bahia e disse que o caso não preocupa. “Esse desconforto acompanha ele desde o jogo contra o Botafogo, em Ribeirão Preto. Ele sempre sente algo nos treinamentos, mas não é nada grave que o deixe de fora”, declarou. Fábio Ferreira/A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password