Pai acusado de molestar sexualmente sua filha de cinco anos é inocentado pela Justiça

A Justiça de Votuporanga inocentou ontem (17) um pai acusado de estupro da filha de 5 anos. Ele foi indiciado pelo crime de estupro de vulnerável, após inquérito policial e denúncia da promotoria da Vara da Infância e Juventude, no ano passado.

Ele manteve relação amorosa com a mãe da criança por três anos e a criança nasceu fruto do relacionamento. Após a separação, ele passou a pegar a criança na casa da mãe para visitas aos finais de semana, mediante guarda compartilhada.

A denúncia oficial de violência sexual se baseou em relatos da criança, que descreveu a uma profissional de saúde, para a mãe e equipe técnica do Fórum, pedidos do pai para tomarem banho juntos, entre outros atos libidinosos, como masturbações.

Durante sessões com uma profissional da área de saúde, a criança teria feito desenho das partes íntimas do pai, em outros desenhos também teria desenhado ele sendo preso.

O acusado negou veementemente as denúncias, acreditando que a mãe da criança tentava afastá-la dele. Diante da falta de provas da consumação do crime, o juiz arquivou o processo.

0 Comentários

Deixe um Comentário

onze + dezessete =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password