Ortopedia da Santa Casa fecha 2018 com mais de 8 mil atendimentos 

Deste total, aproximadamente 90% foram via SUS (Sistema Único de Saúde). 

O Ambulatório de Ortopedia da Santa Casa de Votuporanga, há anos, assiste pacientes da especialidade com muita humanização. A unidade fechou 2018 com o total de 8.394 atendimentos, onde 7.117 foram para usuários do SUS (Sistema Único de Saúde), beneficiando vítimas de acidentes e traumas. 

A unidade conta com seis médicos: Dr. Onildo José da Silveira (coordenador), Dr. Fred Webb, Dr. Paulo Torres, Dr. Wagner Campoli, Dr. Lucas Arroyo Marchi e Dr. Daniel Brito, além de oito profissionais técnicos em gesso. “Somos responsáveis por todas as imobilizações realizadas em clientes do ambulatório, unidades de internação, urgência e emergência e trocas das imobilizações”, contou o coordenador, Clóvis Dias (técnico em gesso). 

Clóvis explicou que o Ambulatório realiza consultas de vítimas de acidentes automobilísticos, de trabalho ou residenciais. “São pessoas que passam pela Urgência da Santa Casa ou pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e são encaminhadas. Somos responsáveis pelo pós-operatório de clientes traumato-ortopédicos e cirurgias eletivas ortopédicas de alta complexidade do Ambulatório Médico de Especialidades (AME)”, ressaltou. 

Os atendimentos são pré-agendados e com horário marcado, de segunda a sexta-feira em horário comercial.  “Assistimos toda região de Votuporanga, que compreende as cidades de Valentim Gentil, Nhandeara, Cosmorama, Parisi, Sebastianópolis, Cardoso, General Salgado, Álvares Florence e Américo de Campos, uma população estimada em 200 mil habitantes”, frisou. 

O Ambulatório de Ortopedia da Santa Casa teve seu início em 1968, com a chegada do Dr. Adolfo de Melo, que teve como ajudante o técnico em gesso o conhecido Dito Gibim. “Eles realizavam atendimentos de clientes da urgência INAMPS, equivalente hoje em dia ao SUS. Na sequência, recebeu novos profissionais médicos, o Dr. Milton de Melo e Dr. Florindo. Em meados dos anos 90, chegaram os ortopedistas, Dr João Damasceno, Fred Webb e Fabio Caparroz”, relembrou. 

O provedor Luiz Fernando Góes Liévana enalteceu o serviço. “É muito importante para Votuporanga e região, principalmente por auxiliar os pacientes na recuperação ortopédica, visto que a demanda é cada vez maior. Em 2015, entregamos o Ambulatório, espaço específico para tal atendimento e que trouxe mais conforto e humanização. Temos muito orgulho do trabalho de vocês”, finalizou. 

0 Comentários

Deixe um Comentário

quatro + 9 =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password