Operação do MP prende oito suspeitos de golpe bilionário

Da Redação

Uma operação da polícia e do Ministério Público prendeu nesta terça-feira (21), em São Paulo, oito suspeitos de participação num golpe bilionário nos cofres públicos.

Eram R$ 414 mil e US$ 250 mil. Além de barras de ouro, cofres e milhares de documentos. As apreensões desta terça-feira (21) dão apenas uma idéia do tamanho da fraude realizada em São Paulo e Bauru, no interior do estado.

O Ministério Público e a Secretaria da Fazenda calculam que o esquema, que envolvia empresas de processamento de soja, tenha desviado R$ 2,7 bilhões.

A quadrilha criava empresas de fachada no Uruguai e simulava operações comerciais falsas. Os impostos que deveriam ser pagos pelas empresas de verdade eram transferidos para as de fachada, que também não pagavam.
Todas essas provas vão se analisadas, agora, pelo Ministério Público, para apresentar a denúncia.

Durante as investigações, os promotores descobriram que essa fraude era realizada há nove anos e que os desvios eram tão grandes que só não acabam sendo descobertos porque havia pagamento de propina a fiscais.

Segundo os promotores, a cada operação fraudulenta, os fiscais recebiam R$ 500 mil.

Oito pessoas foram presas. Dois empresários continuam foragidos.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password