Operação do Gaeco prende despachante de Rio Preto por fraudes no Detran

Policiais encontraram arma de fogo com numeração raspada e motocicleta adulterada.

Um despachante de 47 anos foi preso, na manhã desta terça-feira (24), no bairro Santo Antônio, em Rio Preto, suspeito de integrar esquema de fraudes no Detran (Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo).

Ele é investigado na Operação Nêmesis​,​ do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) de Patos de Minas​ (MG)​.

Os cumprimentos dos mandos de prisão, busca e apreensão foram feitos na casa dele, com o apoio de policiais do Baep (Batalhão de Ações Especiais de Polícia).

Segundo o promotor Tiago Fonseca, do Gaeco, uma arma de fogo com numeração suprimida com 30 munições, além de uma motocicleta com placa adulterada foram apreendidas na casa do despachante e apresentadas na Central de Flagrantes.

“Foi ​dada​​ voz de prisão em flagrante, vai ser lavrado o flagrante em de ocorrência da arma e vai ser registrado também um boletim de ocorrência de captura de procura em razão desse mando de preventiva que estava em aberto da justiça de Minas, justamente em razão dessa investigação que apura fraude. Ele vai ser, provavelmente, recambiado para Minas”, afirmou o promotor​.

​A OPERAÇÃO

A ​O​peração Nêmesis  – em referência a deusa da mitologia grega, senhora do equilíbrio e do destino, que punia o comportamento desviante dos homens que quebravam as leis estabelecidas  –  foi desencadeada pelo Gaeco de Pato de Minas (MG).

As investigações começaram em março deste ano e tem o objetivo de combater organização criminosa que atua em homicídios, concussão, corrupção, prevaricação, falsidade ideológica, furto e roubo de veículos, cargas, de fazendas, de estabelecimentos comerciais, receptação e cárcere privado.

A deflagração visa dar cumprimento a 71 mandados de busca e apreensão, 42 mandados de prisão, expedidos pela Justiça Estadual de Patos de Minas em desfavor de integrantes de organização criminosa, inclusive agentes públicos que exercem suas atividades em Patos de Minas e São Paulo

Há mandados sendo cumpridos em nove cidades de Minas Gerais, sendo Patos de Minas, Patrocínio, Presidente Olegário, Serra do Salitre, Araxá, Uberaba, Uberlândia, Monte Carmelo e Sete Lagoas (Região Central), e em outras três no Estado de São Paulo, sendo na capital, Mairiporã e São José do Rio Preto.​

 

SBT Interior

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password