Operação do Gaeco prende 16 pessoas em Rio Preto e região

Com o apoio de 28 policiais militares, o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) deflagrou na madrugada desta sexta-feira, dia 5, uma operação especial contra o crime organizado, principalmente relacionado ao tráfico de droga. Somente no período da manhã foram presas 16 pessoas em  Rio Preto, Bady Bassit, Votuporanga e em mais duas cidades do Mato Grosso do Sul: Três Lagoas e Sidrolândia. A ação  está sendo coordenados pelo promotor de Justiça João Santa Terra.

A operação policial é resultado de investigação realizada pelo Ministério Público de Fernandondópolis que descobriu que os detidos eram comandados por um traficante, que mesmo preso, coordenava da cela a distribuição de drogas.

Um dos investigados em Rio Preto, para tentar evitar ser preso por porte de entorpecentes, escondia a droga na casa do vizinho, mas a manobra foi descoberta pelo MP, que conseguiu mandado de busca e apreensão para vasculhar as duas residências.

Segundo informações do comandante do 17º BPM, o tenente-coronel Luiz Roberto Vicente, a operação iniciou às 6 horas desta sexta-feira, quando foram distribuídos os mandados para os policiais da Caep (Companhia de Ações Especiais da Polícia) para fazer as prisões nos municipios do estado de São Paulo.

No Mato Grosso do Sul, o Gaeco contou com apoio da polícia local. Em Sindrolândia foram apreendidos 30 quilos de entorpecentes, que seriam usados para abastecer o tráfico na região de Rio Preto.

Também estão sendo apreendidos estoques de entorpecentes e computadores encontrados em pontos de vendas de drogas. No segundo semestre do ano passado, o Gaeco executou duas operações de combate ao crime organizado, com prisão de pessoas suspeitas de comandarem a distribuição de drogas na região.

Marco Antonio dos Santos – diarioweb.com

Foto: Alex Pelicer / Gazeta Rio Preto

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password