Operação da polícia prende oito pessoas em Rio Preto

Seis pessoas foram presas por ligação ao Barão do Ecstasy. Suspeito de tentativa de latrocínio e outro estelionato foram presos.

Uma operação da Polícia Civil de São José do Rio Preto (SP) cumpriu uma série de mandados de prisão expedidos pela Justiça nesta quinta (8) e sexta-feira (9). Segundo a polícia, a ênfase da operação foi a condenação de várias pessoas ligadas à operação que prendeu o Barão do Ecstasy, em 2005.

De acordo com informações do Núcleo de Investigações da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise), na época ficou provada a participação de várias pessoas no esquema e após responderem em liberdade saiu a condenação dos réus.

Ao todo, a Polícia Civil prendeu seis pessoas por tráfico e associação ao tráfico. Além das prisões relacionadas ao tráfico e ao Barão do Ecstasy, os policiais prenderam um suspeito de tentativa de latrocínio, com o apoio de equipes da polícia de Novo Horizonte, e outro condenado pela Justiça por estelionato.

O caso
Em junho deste ano, foi preso na região norte de Rio Preto o homem conhecido como “Barão do Ecstasy”, Israel Domingues de Oliveira. Segundo informações da polícia, as investigações mostraram que ele comandava um esquema de tráfico de drogas em todo o Estado de São Paulo. Ele foi condenado a nove anos e quatro meses de prisão.

Ele responde processo por tráfico internacional de entorpecentes na 4ª Vara Criminal de Rio Preto. Segundo a polícia, ele ficou três anos presos e houve a vara de soltura, quando ficou em liberdade. Israel Domingues de Oliveira foi preso em 2005 com mais de 18 mil comprimidos de ecstasy. Na época, os policiais ainda encontraram cinco quilos de cocaína escondidos em pranchas de surf. Ele ainda é acusado de comandar uma quadrilha de traficantes em cidades da região noroeste paulista. G1

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password