O Trânsito e a Humanidade!

Estamos vivendo uma situação em que a cada dia fica mais fácil o acesso a um veículo automotor seja moto carro etc. E com esse aumento excessivo de veículos o trânsito vai ficando cada vez mais caótico seja aqui ou nas grandes capitais, pois todos nós vivemos numa correria danada e quando você acha que ta ganhando tempo muitas vezes se perde ele, porque a coisa tem hora que parece inchar e ai trava tudo que as pessoas se desesperam perdem a paciência, entram em  estafa.

Mas, o que me chama a atenção e, uma das coisas que está me intrigando ultimamente não é nem a questão da quantidade de veículos e sim a qualidade de nossos motoristas que a cada dia  estão menos responsáveis, menos prudente e mais ignorantes e pra piorar a situação muitos ainda dirigem sobre o efeito do álcool ou droga.

Pois a todo o momento nos deparamos com certas atitudes que  não dá para entender, como uma pessoa  passa por todo um  processo durante o período que está fazendo curso de direção defensiva, as aulas práticas em que os instrutores dão todas as informações para se fazer um motorista prudente e exemplar, respeitando todas as regras e leis de trânsito, possa  sair por ai como se tivesse com um carrinho de brinquedo.

Gente até quando será que vamos continuar a ver essas barbeiragens e falta de respeito, onde certos motoristas sempre querem ganhar vantagem em cima dos outros , pára com seus carros em plena faixa de rolamento e fica batendo papo com o outro cidadão na calçada como se a rua fosse única e exclusivamente dele, sem contar as setas que indicam quando você vai converter pra esquerda ou direita, a pessoa deve achar que aquela varetinha que fica instalado ali no volante deve ser de enfeite só pode.

Portanto com todos esses episódios comentados acima a mais dura e mais difícil de tolerar é quando vemos que com a imprudência de um o outro paga com a própria vida, isso é lamentável ainda mais quando acontece dentro do perímetro urbano onde o limite de velocidade é totalmente reduzido de acordo com o código de transito brasileiro.

E a rodovia Euclides da Cunha então, depois que começou as obras de duplicação quantas vidas foram tiradas prematuramente tudo por conta da pressa (imprudência, intolerância). A maior causa de morte hoje no Brasil e no mundo chama-se (Acidente de Trânsito ). Por quê será? Que Deus nos proteja.

 

Dejaniro Cardozo – ex-membro Associação de Moradores Bairro Pozzobon

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password