“O Pedro está lutando muito pela vida”

Em sua visita ao filho no hospital paulistano Sírio-Libanês, Leonardo disse que Pedro Leonardo luta muito pela vida. O cantor chegou ao centro médico por volta das 21h30 desta quinta-feira (26), depois que o filho foi transferido de Goiânia para São Paulo nesta tarde.

“A expectativa é a melhor possível (…), a gente sabe da força dele e ele está lutando muito. Já deu para sentir que a cara dele é outra”, disse Leonardo sobre a visita anterior ao filho, ainda na capital goiana, na última quarta-feira (25), quando os médicos reduziram a dosagem de sedativos.

“Da última vez que eu estive lá com ele em Goiânia, eu falei para os médicos: ‘esse cara é outro, hein?’. E ele (o médico de Goiânia) falou: ‘realmente, você está certo, ele deu uma melhorada boa'”, contou. “Eu senti que ele estava lutando”.

Antes de conversar com a equipe médica do Sírio-Libanês, o artista disse que ficou apreensivo com a viagem do filho, que durou cerca de três horas entre um hospital e outro. Leonardo contou que o fato de Pedro ter reagido de forma estável à viagem já foi uma vitória.

“Nós estamos vencendo mais uma etapa. A gente sabe da competência dos médicos do Sírio-Libanês, mas gostaria de deixar bem frisado que a equipe de Goiânia foi muito importante. Como eu disse, foi por etapa. O Pedro, se não fosse (o socorro e atendimento) por etapas, nem estaria mais com a gente”, explicou.

Questionado se o acidente com o filho o fazia recordar do drama sofrido com o seu irmão Leandro, que morreu de câncer há 14 anos, Leonardo disse que é como se uma “fita todinha” passasse por sua memória.

“A fita está todinha na minha cabeça novamente, daquilo que eu passei há exatamente 14 anos, desde a informação da doença do meu irmão. E coincidentemente, uma coincidência ruim, Pedro capotou o carro bem no dia em que o meu irmão ficou sabendo que estava doente. Então era o aniversário de 14 anos, eu pensei: ‘ô meu Deus do céu’, né? Mas a gente está aí, porque o Leandro é um talimã nas nossas vidas. E eu tenho certeza que, de onde ele estiver, ele tem mais força que a gente para ajudar o Pedro a sair dessa”, afirmou.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password