Nove pessoas são picadas por escorpião em Votuporanga

Em Votuporanga, nesta primeira quinzena de 2018, a Vigilância Epidemiológica do município registrou nove acidentes causados por escorpiões.

 

A Secretaria Municipal da Saúde da Prefeitura de Votuporanga capacitou profissionais da educação municipal sobre a importância do combate a escorpiões e ações que devem ser tomadas no ambiente escolar.

O treinamento foi realizado pelo Secez (Setor de Controle de Endemias e Zoonoses) na última segunda-feira (15) com professores e funcionários das unidades de ensino com o objetivo de propiciar espaços ainda mais seguros aos alunos, livres dos escorpiões.

O coordenador do Secez, Nilton Santiago e responsável pela capacitação, afirma que é importante que esses profissionais saibam reconhecer os locais em que se alojam esses animais, e agir de modo preventivo. Além do conteúdo teórico repassado no decorrer das instruções, o grupo de 32 pessoas saiu a campo para experimentar práticas que poderão ocorrer no ambiente escolar, com o objetivo de evitar os acidentes com escorpiões.

“-Este trabalho de educação permanente junto aos profissionais tem fundamental utilidade, principalmente quando o foco é a saúde pública. No treinamento, eles foram instruídos a identificar os possíveis pontos de esconderijo no interior das salas de aulas, quadras, pátios, banheiros, ralos e frestas de parede; assim como, foram orientados a não afugentá-los e nem manter contato, quando localizados. Quando encontrados, o funcionário da escola deve ligar para a Vigilância Ambiental pelo 0800-770-9786”, esclarece o coordenador.

Em Votuporanga, nesta primeira quinzena de 2018, a Vigilância Epidemiológica do município registrou nove acidentes causados por escorpiões.

Os agentes comunitários de saúde e de endemias realizam permanentemente orientações sobre o manejo ambiental durante as visitas de rotina aos moradores; ações importantes para evitar o surgimento de escorpiões, tais como, não acumular matéria orgânica (folhas, frutos e fezes de animais) e entulhos (telhas, tijolos, madeiras e restos de construção) nos quintais e terrenos; rebocar os muros; tapar os ralos durante a noite; verificar roupas, sapatos, móveis e utensílios de cama, mesa e banho antes de utilizá-los.

MUNÍCIPES
Caso um munícipe encontre algum escorpião na residência ou local de trabalho, fazer contato telefônico também por meio do 0800 770 9786, para efetivar a notificação, mesmo que não ocorra acidentes. Dessa forma, o serviço terá condições de atender a cada um dos casos, por meio de orientações.

ACIDENTES
Na hipótese de picada a pessoa deverá lavar o local com água e sabão, sem torniquete, dirigindo-se imediatamente à UPA – 24h (Unidade de Pronto Atendimento) ou ao hospital “Fortunata Germano Pozzobon”, na zona norte.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password