Nota de Esclarecimento: Secretaria Municipal de Saúde se pronuncia sobre suspeita de Zika vírus em Votuporanga


Em relação à reportagem publicada nesta sexta-feira (12), no Diário de Votuporanga, com o título “Registrado 1.º caso suspeito de zika”, a Secretaria Municipal de Saúde vem a público esclarecer que este não é o primeiro caso em que há suspeita de contaminação do vírus zika. Desde 2015, foram quatro casos suspeitos, sendo três deles descartados e o atual que está sob investigação. Portanto, até o momento não há nenhuma confirmação de caso positivo no município.  

 

Conforme recomenda o Ministério da Saúde, o Secez (Setor de Controle de Endemias e Zoonoses) já iniciou o bloqueio e pulverização no entorno do caso investigado. A Secretaria, no entanto, ressalta que é importante que a população continue empenhada para eliminar os criadouros e a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue e do zika vírus. 

 

 

Evitar a água parada, que os mosquitos usam para se reproduzir, é a principal medida. Em casa, é preciso eliminar a água dos vasos, garrafas, pneus e outros objetos que possam acumular líquido. Colocar telas de proteção nas janelas, utilizar repelentes e escolher roupas que diminuam a exposição da pele são medidas importantes a serem tomadas. Em caso da detecção de focos de mosquito que o morador não possa eliminar, é importante acionar a Secretaria Municipal de Saúde. 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password