Nomes dos 25 jurados são sorteados hoje

O réu que será submetido a julgamento é Anderson Ricardo Neves, acusado de matar ex-esposa com golpes de faca

Foi agendado para o dia 19 de setembro, às 9h, o julgamento do réu Anderson Ricardo Neves, de 32 anos. Ele é acusado de matar Gislaine Aparecida Ferreira, na época com 27 anos, com golpes de faca em uma propriedade rural, localizada no município de Parisi.

O réu será submetido a Júri Popular, presidido pelo juiz de Direito da Comarca de Votuporanga, Jorge Canil. O sorteio dos 25 jurados acontece hoje, 19 de agosto, na sala de audiências da Primeira Vara. Sete deles estarão compondo o Conselho de Sentença.
A denúncia apresentada pelo Ministério Público, representado pelo promotor João Alberto Pereira, acusa Anderson ainda de ter ateado fogo em uma viatura que teria ido ao local para atender à ocorrência.

Crime

O crime ocorreu por volta das 19h do dia 7 de setembro de 2012, quando o trabalhador rural, Anderson Ricardo Neves, de 30 anos, matou a ex-mulher a golpes de facão. O crime aconteceu no Sítio Santos Reis, na Tabuleta, em Parisi, dentro da casa de Anderson, na frente dos filhos do casal.

O motivo teria sido sua tentativa frustrada de reatar o relacionamento com Gislaine Aparecida Ferreira, na época, com 27 anos. Segundo consta, a família participou de um almoço na propriedade rural e mais tarde o acusado chamou a vítima para conversar em sua residência, e em razão de sua negativa em reatar o casamento, desferiu vários golpes de faca contra Gislaine.

Ao ouvir os gritos de socorro, um parente chegou ao local e conseguiu arrancar a faca das mãos do acusado e chamar o socorro e, em seguida, a Polícia Militar chegou ao local, mas enfurecido, o acusado tentou atacar o policial com um podão (usado no corte de cana-de-açúcar) e ateou fogo na viatura policial usada em Parisi.

A Força Tática foi até o local para prender o acusado que resistiu à prisão, indo para cima dos policiais com a arma. Foi necessário o uso de tiros de borracha para imobilizá-lo. Ferido levemente, o acusado foi socorrido, levado à Santa Casa, medicado e após alta, às 20h47 foi recolhido à Cadeia. Maíra Petruz/Diário de Votuporanga

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password