Ney Franco credita empate a Rafael e rejeita “desespero” no São Paulo

O técnco Ney Franco saiu da Vila Belmiro um pouco desapontado neste domingo, após empate sem gols entre São Paulo e Santos válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para o treinador, a equipe poderia ter deixado os três pontos e se aproximado ainda mais do G-4, não fosse a grande atuação do goleiro santista Rafael.

“Não ganhamos pela qualidade técnica do adversario. O goleiro fez defesas importantíssimas. O Santos também é uma das equipes que mais fez gols no Brasileiro. Um jogo contra o Santos, na casa deles, com defesa bem postada. Claro que tivemos alguns erros. Na minha humilde opinião, é isso”, definiu Ney Franco.

“Fizemos um grande jogo e perdemos uma grande oportunidade, não só pela ausência dos jogadores deles, mas tivemos o controle até quando o Denilson esteve em campo e não tivemos a competência de transformar em gol. A gente sai com o sentimento de que perdemos a chance de somar três pontos”, acrescentou.

O resultado deste domingo deixou o São Paulo na sexta colocação do Brasileiro com 36 pontos, a três do Vasco, último time no G-4 e que ainda entra em campo neste domingo, com o Bahia. Por isso, a equipe tricolor paulista pode ficar ainda mais distante da zona de classificação à próxima Copa Libertadores, fato que não preocupa Ney Franco.

“AInda tem campeonato para caramba. Nós temos duas possibilidades para disputar a Libertadores. Tem a Sul-Americana e o G-4, não temos que nos desesperar. Em termos de G-4, somar um ponto aqui nos mantém em condições”, finalizou o treinador são-paulino. O time do Morumbi volta a campo na próxima quarta-feira, contra o Atlético-MG, em Belo Horizonte.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password