Neurologia volta até o segundo semestre de 2014

Um dos maiores planos da Santa Casa de Votuporanga é trazer de volta os serviços de neurologia e neuro-cirurgia, que têm o custo mensal de R$180 mil. De acordo com Valmir Dornelas, provedor do hospital, a intenção é que até o segundo semestre de 2014 a população já possa contar novamente com estes atendimentos.

 

Para que isso seja possível, a diretoria estuda formas de diminuir os custos, com responsabilidade, garantindo que a especialidade não precise mais parar.

 
Assim que as contas estiverem equilibradas, será pedido o recredenciamento do serviço e a instituição começará a procura por uma equipe médica.

 
“Entre os nossos objetivos estão: equilibrar as contas do hospital; fortalecer o trabalho de humanização; capacitar e recompensar financeiramente os funcionários competentes; e, claro, trazer de volta o serviço de neurologia/ neurocirurgia”, destacou Valmir Dornelas, provedor da Santa Casa, como os planos e metas para o ano que vem.

 
Para ajudar, a instituição acaba de ser classificada como estruturante. De acordo com o provedor, esta é a maior conquista do ano, o que lhe garante mais recursos. Apenas outros 26 hospitais do Estado estão neste patamar. Na região, apenas o Hospital de Base de São José do Rio Preto possui tal classificação.

 
Os chamados “hospitais estru-turantes” são aqueles de referência em atendimentos complexos, como cirurgias cardiovasculares e torácica, hemodiálise e neurocirurgias.

 
Com essa nova classificação, juntamente com o anúncio de mais recursos do governador Geraldo Alckmin, a Santa Casa de Votuporanga passará a receber R$ 898.356,82 mensais, a partir do ano que vem. Até então, a instituição, considerada de apoio (pequeno porte), recebia R$ 70 mil mensais.

 

 

Leidiane Sabino – A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password